O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou em entrevista à CNN nesta terça-feira (11) que não concorda com a afirmação da Polícia Federal (PF) de que Adélio Bispo agiu sozinho quando foi esfaqueado.

Questionada pela CNN pelas falas de Bolsonaro, a PF preferiu não comentar.

Continua após a publicidade:

📲 Entre no nosso grupo de WhatsApp e receba as notícias do Portal de Prefeitura no seu celular

Após retomada de investigações para identificar possíveis envolvidos no atentado contra o então candidato à Presidência da República Jair Messias Bolsonaro em 2018, a Polícia Federal concluiu que Adélio Bispo foi o único responsável pelo ataque, que já foi condenado e preso.

Durante as diligências, foram cumpridos mandados de busca e apreensão para nova análise de equipamentos eletrônicos e documentos.

Outros possíveis delitos foram descobertos, relacionados a um dos advogados de defesa do envolvido no ataque, mas sem qualquer ligação com os fatos investigados.

Por conseguinte, o relatório final foi apresentado, atendendo a novas solicitações do Ministério Público Federal, e agora aguarda a manifestação do Juízo. A Polícia Federal manifestou-se pelo arquivamento do Inquérito Policial.

Continua após a publicidade: