O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira, 4 de abril, que “eles” usam o nome de Deus em vão. O petista estava falando do grupo político do ex-presidente Jair Bolsonaro, seu principal adversário, ainda que não tenha citado nomes em seu discurso.

Lula falou em Arcoverde (PE), onde inaugurou uma obra ligada à transposição do rio São Francisco.

A fala do petista é uma reação ao apoio que líderes religiosos, principalmente evangélicos, dão a Bolsonaro.

Lula é católico e costuma citar Deus em seus discursos. Nesse caso, também mencionou a palavra “milagre” diversas vezes.

Ele se referia a ações de seu governo, como a transposição do São Francisco.

Estadão Conteúdo