Famílias que participam do Bolsa Família, já aguardam os detalhes do pagamento do benefício no mês de junho.

O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) informou que pagará o benefício durante os últimos 10 dias úteis de cada mês, de forma escalonada.

A única exceção é o mês de dezembro, quando o calendário é antecipado.

Continua após a publicidade:

O Governo Federal divulgou o calendário do mês de maio e diretrizes necessárias para garantir a continuidade do recebimento do auxílio, confira:

CALENDÁRIO BOLSA FAMÍLIA MÊS DE JUNHO

  • NIS final 1: 17 de maio;
  • NIS final 2: 18 de maio;
  • NIS final 3: 19 de maio;
  • NIS final 4: 20 de maio;
  • NIS final 5: 21 de maio;
  • NIS final 6: 24 de maio;
  • NIS final 7: 25 de maio;
  • NIS final 8: 26 de maio;
  • NIS final 9: 27 de maio;
  • NIS final 0: 28 de maio.

Para esse mês de junho já estão abertas as inscrições, representando uma oportunidade essencial para famílias em situação de vulnerabilidade se beneficiarem do programa.

Para participar, as famílias devem satisfazer os critérios de renda estabelecidos pelo governo e realizar sua inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).

INSCRIÇÃO BOLSA FAMÍLIA NO MÊS DE JUNHO

Para se inscrever e garantir o acesso ao benefício, é imprescindível agendar uma entrevista conduzida pelo Cadastro Único, que emitirá um Número de Identificação Social (NIS) para todos os membros da família.

Segue abaixo o passo a passo necessário:

Continua após a publicidade:

  1. Dirija-se ao CRAS mais próximo da sua residência;
  2. Solicite o cadastramento no Cadastro Único;
  3. Apresente os documentos de identificação de cada membro da família, além de um comprovante de residência;
  4. Complete o questionário socioeconômico detalhado;
  5. Aguarde a análise dos dados e a confirmação da inscrição.

As famílias selecionadas começarão a receber o Bolsa Família a partir de 17 de maio, data de início do pagamento deste mês.

FAMÍLIAS QUE PODEM RECEBER O BOLSA FAMÍLIA

  • Pobreza: Renda familiar per capita mensal entre R$ 105,01 e R$ 218,00.
  • Extrema Pobreza: Renda familiar per capita mensal igual ou inferior a R$ 105,00.
  • Famílias em situação de pobreza devem conter:
  1. Grávidas.
  2. Pessoas com menos de 21 anos.
  3. Mães que estejam amamentando.

VALORES BOLSA FAMÍLIA

O Bolsa Família de maio proporciona um pagamento básico de R$ 600; no entanto, é viável ampliar esse montante total ao incluir benefícios adicionais específicos.

Tais benefícios complementares são direcionados a famílias que com crianças, adolescentes, gestantes e lactantes, seguindo as diretrizes estabelecidas pelo programa.

PAGAMENTO UNIFICADO

Os moradores de municípios em situação de emergência ou estado de calamidade pública reconhecidos pelo Governo Federal também são exceções.

Para eles, o pagamento será unificado no primeiro dia do repasse (17 de junho), independentemente do número final do NIS.

Continua após a publicidade: