A governadora Raquel Lyra lançou a quinta e última etapa da obra do Canal do Fragoso, em Olinda, com investimento de R$ 118 milhões, assinando a ordem de serviço juntamente com a sua vice, Priscila Krause.

No evento realizado nesta quarta-feira (3), a gestora também entregou o trecho alargado de 2,5 quilômetros da Avenida Pan Nordestina, além de ter assinado duas autorizações para licitação de complemento da via, uma de alargamento da ponte sobre o Rio Beberibe e uma de iluminação pública.

A chefe do Executivo estadual também assinou o acordo de cooperação técnica para regularização fundiária nos bairros de Ouro Preto, Rio Doce, Peixinhos e Salgadinho.

Continua após a publicidade:

📲 Entre no nosso grupo de Telegram e receba as notícias do Portal de Prefeitura no seu celular

O Canal do Fragoso vai ter a implantação da última fase da II Perimetral Metropolitana Norte/ Via Metropolitana Norte.

Os R$ 118 milhões investidos serão para as intervenções que incluem terraplenagem, pavimentação, drenagem, sinalização, iluminação e paisagismo de um trecho direito da via, o alargamento e revestimento do canal, além da execução de duas pontes.

A previsão é que este trecho seja entregue em 24 meses. O anúncio feito pela governadora é referente à quinta e última fase da segunda etapa do Canal do Fragoso.

Continua após a publicidade:

As demais fases desta segunda etapa da Via Metropolitana Norte/Canal do Fragoso estão sendo tocadas pelo Governo do Estado sob a coordenação da Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab) e com previsão de entrega para 2025.

Avenida Pan Nordestina O trecho de alargamento da Avenida Pan Nordestina foi concluído e entregue pela governadora à população. Para esta obra foram investidos R$ 27 milhões.

A gestão estadual atual assumiu a obra no ano passado com apenas 3,7% de evolução desse trecho.

Além da restauração da via, o trabalho envolveu paisagismo, com plantio de grama e árvores na área.

Continua após a publicidade:

Além disso, foram assinadas as autorizações para licitação de mais duas intervenções na Pan Nordestina, que vão somar R$ 13 milhões.

Os recursos serão para o alargamento da ponte sobre o Rio Beberibe e para iluminação pública.

O acordo de cooperação técnica para a regularização fundiária nos bairros de Ouro Preto, Rio Doce, Peixinhos e Salgadinho, todos em Olinda, também foi assinado pela governadora e pelo prefeito de Olinda, Professor Lupércio.

A partir de agora, os técnicos da Pernambuco Participações (Perpart) vão poder iniciar o processo de visitas aos imóveis, fazer levantamento e cadastro das famílias, para poder entregar os títulos de regularização.

A Perpart informou que existem cerca de 15 mil famílias com potencial de regularização fundiária em Olinda.