No último domingo, 7 de julho, a governadora de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB), fez uma ligação ao presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Álvaro Porto (PSDB). As informações são da jornalista Betania Santana, da Folha de Pernambuco.

📲 Entre no nosso grupo de WhatsApp e receba as notícias do Portal de Prefeitura no seu celular

Embora ambos sejam do mesmo partido, a relação entre eles não tem sido das melhores.

Continua após a publicidade:

Raquel Lyra informou que, nesta quinta (11), convocará a Alepe, em caráter extraordinário, para discutir sete projetos, incluindo cinco pendentes do semestre passado e dois novos. Entre as pautas estão a autorização para novos empréstimos e alterações na estrutura administrativa do governo.

Álvaro Porto garantiu que, assim que os projetos forem recebidos, serão publicados no Diário Oficial. A partir daí, o regimento será seguido” rigorosamente”, com um prazo de 72 horas para instalação, análise em comissões, propostas de emendas e explicações por parte do governo.

Para que os projetos avancem, a governadora precisará mobilizar pelo menos 25 deputados durante o recesso legislativo.

A estratégia do governo inclui o pagamento de mais de 80% das emendas parlamentares e a realização de eventos como a entrega de ônibus escolares, que reuniu representantes de 153 municípios e 22 parlamentares na última quinta-feira.

Vale ressaltar que a Alepe não pretende fazer concessões que comprometam o cumprimento do regimento interno. Todos os projetos deverão ser discutidos em detalhes, respeitando os procedimentos legislativos estabelecidos.

Continua após a publicidade: