Continua após a publicidade:

Importante iniciativa da Secretaria de Defesa Social (SDS), em parceria com a Secretaria de Planejamento, Gestão e Desenvolvimento Regional (Seplag), o Fórum de Articulação Municipal de Segurança Pública chegou à sua 4ª edição, nesta terça-feira, 09 de julho, com adesão de 40 municípios pernambucanos.

De maneira integrada, as Forças de Segurança estadual e municipal estão unindo cada vez mais esforços na execução de políticas públicas estratégicas de enfrentamento ao crime e à violência nos quatro cantos do Estado.

Continua após a publicidade:

📲Entre no nosso grupo de WhatsApp e receba as notícias do Portal de Prefeitura no seu celular

Ao lado do secretário da SDS, Alessandro Carvalho, a secretária Executiva, Dominique de Castro Oliveira, comandou a reunião no auditório da SDS com secretários municipais de Defesa Social do Litoral ao Sertão. Esta edição também contou com a presença dos secretários estaduais de Assistência Social, Combate à Fome e Política sobre Drogas, e de Justiça e Direitos Humanos, respectivamente Carlos Eduardo Braga e Joana Figueiredo.

Continua após a publicidade:

A secretária Executiva, por sua vez, destacou a adesão cada vez maior dos municípios ao colegiado, na articulação de ações conjuntas preventivas e repressivas nos territórios.

Após a abertura, houve a apresentação do panorama geral dos principais indicadores criminais do Estado, além de uma apresentação sobre Ações Integradas para o Juntos pela Cidadania; do Projeto Ilumina PE; sobre Centros POP e as prerrogativas para adesão dos municípios ao cofinanciamento. Representando o Sertão pernambucano estiveram presentes o Secretário Municipal de Segurança Pública da cidade de Petrolina, coronel BM Luiz Claúdio Pimentel e a Comandante da Guarda Municipal de Serra Talhada, Thaisa Andressa Aquino Silva Lima.

Pelo Agreste participaram do Fórum integrantes da Segurança Pública de cidades como Belo Jardim, Bom Conselho, Cupira, Gravatá e Santa Cruz do Capibaribe, dentre outros municípios. Além de representantes de Vicência, Tracunhanhém, Nazaré da Mata e Ribeirão na Zona da Mata do Estado. Pela RMR estavam representadas as cidades do Cabo de Santo Agostinho, São Lourenço, Olinda, Itamaracá, Ipojuca e Moreno.

Continua após a publicidade:

Parabenizando a iniciativa, a condução das reuniões e o acolhimento, as autoridades presentes pontuaram a importância da interlocução e a soma de esforços, além do “ser ouvido e se fazer ouvir”.

Continua após a publicidade: