O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chamou de “fascista” a mulher que questionou a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) sobre viajar na primeira classe de um avião.

O petista retaliou a conduta da passageira, a qual chamou de “fascista”, enquanto discursava na 4ª Conferência Nacional de Juventude nesta quinta-feira, 14.

“Ela (Dilma) vinha de primeira classe para o Brasil e uma fascista, eles estão em todos os lugares, foi tentar dizer para ela: ‘hum, a senhora está andando na primeira classe’. E ela falou: ‘e onde é que você pensa que banqueiro anda? Eu sou, agora, presidente de banco’”, afirmou Lula. O público presente, em reação, exaltou a ex-presidente.

Circula nas redes sociais desde quarta-feira, 13, um vídeo em que a ex-presidente Dilma Rousseff, que hoje comanda o Novo Banco de Desenvolvimento (NDB) é provocada por uma passageira por estar na primeira classe de um avião.

Continua após a publicidade:

“De primeira classe?”, questionou em tom jocoso uma passageira, que não foi identificada. “Lógico, querida. Eu sou presidente de banco. Como você acha que viaja presidente de banco?”, retrucou Dilma.

Não há informações sobre quando foi feita a gravação, mas Dilma estava no Brasil para compromissos com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Mercosul na semana passada.

NDB é a sigla em inglês para a instituição financeira informalmente conhecida como Banco dos Brics, do grupo de países formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Dilma, que é economista de formação, foi indicada pelo presidente Lula para o comando da instituição em março deste ano e seguirá à frente do banco até julho de 2025.

Estadão Conteúdo