O sindicato que representa as empresas de ônibus em Pernambuco, a Urbana-PE, pediu ao Grande Recife Consórcio de Transporte a atualização dos custos do serviço de transporte público no Estado, ontem, quarta-feira, 19 de janeiro. Os empresários querem um aumento de 22,67% das tarifas na Região Metropolitana.

Com isso o usuário do anel A passaria de R$ 3,75 para R$ 4,60 e a do Anel B sairia de R$ 5,10 para R$ 6,25.

Em nota a Urbana-PE justificou que a “inflação do setor tem sido especialmente alta, puxada principalmente pela variação do preço do combustível, que é um dos principais custos do serviço”.

Veja também:
>>>Prefeitura de Paulista realiza recadastramento de transporte coletivo escolar; confira cronograma de acordo com a placa do veículo 

“Mesmo com a isenção total do ICMS concedida pelo governo estadual, o óleo diesel aumentou 80%, desde a última revisão tarifária. No mesmo período, as despesas com pessoal aumentaram 9,22%, com pneus, 52%, e o preço do veículo, 34%”, disse a nota.

Ainda de acordo com o sindicato das empresas, a pandemia ajudou a agravar a tendência de queda da quantidade de passageiros do sistema, que é sua principal fonte de custeio. Afirmou, ainda, que a demanda atual é 20% menor do que no período anterior à pandemia.

“A Urbana-PE defende que sejam adotadas medidas para manter a tarifa em um patamar compatível com a realidade socioeconômica da Região Metropolitana do Recife. A revisão da planilha de custos torna-se necessária e será fundamental a adoção de fontes de custeio extratarifárias para garantir a operação e permitir a melhorias do serviço de transporte público por ônibus”.

Já o Grande Recife Consórcio explica que vai analisar a proposta de aumento do valor das passagens proposto pela  Urbana e disse que “qualquer alteração na tarifa dos ônibus é feita no Conselho Superior de Transporte Metropolitano, que tem reunião prevista para a primeira quinzena de fevereiro”.

Já a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação de Pernambuco (Seduh), que preside o Conselho, afirmou que fará, em breve, a convocação da reunião.