Uma pesquisa conduzida pelo Instituto Paraná Pesquisas, a pedido do partido Progressistas (PP), entre os dias 18 e 22 de março, revelou que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) está numericamente à frente do presidente Lula (PT) na eventual disputa de uma eleição presidencial.

Segundo os dados, Bolsonaro conta com 37,1% das intenções de voto, enquanto Lula possui 35,3%. A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos, sugerindo um empate técnico entre os dois candidatos.

Além de Bolsonaro e Lula, outros candidatos mencionados na pesquisa incluem o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), com 7,5%; a ministra Simone Tebet (MDB), com 6,1%; e o governador Eduardo Leite (PSDB), com 1,8%.

A pesquisa indica que Bolsonaro lideraria Lula mesmo fora da margem de erro em alguns segmentos do eleitorado, como entre os homens (42,8% a 33,3%) e eleitores de 25 a 59 anos, além dos que possuem ensino médio ou superior.

Apesar de Bolsonaro ser considerado na pesquisa, é importante notar que ele está atualmente proibido de disputar o próximo pleito presidencial devido a uma declaração de inelegibilidade pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por suposto abuso de poder político em dois eventos ocorridos em 2022.

A pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas entrevistou 2.024 eleitores em 162 municípios de 26 estados e do Distrito Federal, com os primeiros resultados sendo divulgados pelo senador Ciro Nogueira (PI), presidente nacional do PP, partido que solicitou a pesquisa.