Na sexta-feira, 8 de março, Jair Bolsonaro (PL), ex-presidente do Brasil, anunciou que recebeu uma carta do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, convidando-o para visitar a região Sul do país, onde ocorreu um ataque terrorista do Hamas em 7 de outubro de 2023.

Durante uma conversa com seus apoiadores em Salvador, Bolsonaro também reiterou seu apoio aos israelenses em relação ao conflito em Gaza.

Bolsonaro não revelou se planeja ir para Israel, mas também destacou que a maioria dos brasileiros apoia Israel.

Bolsonaro afirma que Israel e Brasil são “nações irmãs”

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) comentou a crise diplomática entre o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Israel. O liberal se colocou como aliado do país do Oriente Médio.

Ele publicou um vídeo em suas redes sociais com a legenda “Brasil, Israel, nações irmãs”.

Na montagem, feita com pedaços de uma reportagem televisiva, o repórter narra momentos da viagem de Bolsonaro a Israel em abril de 2019.

As imagens mostram o então presidente ao lado do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, em que os dois visitam o Muro das Lamentações, local sagrado do judaísmo e situado em Jerusalém Oriental, no setor palestino anexado por Israel.