Reação

Anderson Ferreira defende Bolsonaro após cobrança de Paulo Câmara à não degradação do metrô e ao pedido de estadualização do sistema

‘Paulo Câmara não tem que fazer cobranças a Bolsonaro, mas, sim, prestar esclarecimentos ao povo de Pernambuco’, pontuou Anderson.

Por - Publicado em 19 maio de 2022, às 15:24   -   Atualizado em 19 maio de 2022, às 15:36
Anderson Ferreira defende Bolsonaro após cobrança de Paulo Câmara à não degradação do metrô e ao pedido de estadualização do sistema
Pré-candidato ao governo de Pernambuco, Anderson Ferreira. Foto: Leandro de Santana/Divulgação