Defesa

Em carta, Lula e Dilma pedem a libertação do ativista Julian Assange: “triunfo da opressão, do silêncio e do medo”

Outros nomes como o ex-presidente da Colômbia Ernesto Samper e o ex-presidente do Paraguai Fernando Lugo também assinaram.

Por - Publicado em 13 dez de 2021, às 14:31
Em carta, Lula e Dilma pedem a libertação do ativista Julian Assange: “triunfo da opressão, do silêncio e do medo”
Em carta, Lula e Dilma pedem a libertação do ativista Julian Assange: "triunfo da opressão, do silêncio e do medo”. Foto: Divulgação