Crítica

“Lutaremos para que essa proposta absurda não prospere”, diz Mario Frias sobre Lei Paulo Gustavo, que libera R$ 3,8 bilhões para projetos culturais

O argumento utilizado é de que tentam “transformar a Secretaria Especial de Cultura num mero caixa eletrônico de saque compulsório”. 

Por - Publicado em 30 nov de 2021, às 11:40   -   Atualizado em 30 nov de 2021, às 11:43
“Lutaremos para que essa proposta absurda não prospere”, diz Mario Frias sobre Lei Paulo Gustavo, que libera R$ 3,8 bilhões para projetos culturais
Secretário especial da Cultura, Mario Frias. Foto: Roberto Castro/ Mtur.