Decisão

PGR afirma que Bolsonaro não cometeu crime ao ameaçar “enquadrar” o STF e ao atacar o ministro Alexandre de Moraes

Para o vice-procurador-geral, Humberto Jacques de Medeiros, houve apenas um “arroubo de retórica” e não uma ameaça ao livre exercício da mais alta corte do país.

Por - Publicado em 6 nov de 2021, às 13:01
PGR afirma que Bolsonaro não cometeu crime ao ameaçar “enquadrar” o STF e ao atacar o ministro Alexandre de Moraes
PGR afirma que Bolsonaro não cometeu crime ao ameaçar “enquadrar” o STF e ao atacar o ministro Alexandre de Moraes. Foto: Divulgação