Internacional

Primeiro-ministro do Sudão é mantido em prisão domiciliar por militares; ativistas veem tentativa de golpe

As tensões políticas no país foram reacendidas no mês passado após fracasso de outra tentativa de golpe de Estado, e era previsto a realização de eleições gerais em 2023, a fim de escolher o sucessor do ditador Omar Al-Bashir, derrubado em 2019.

Por - Publicado em 25 out de 2021, às 09:21 - Atualizado em 25 out de 2021, às 09:24
Primeiro-ministro do Sudão é mantido em prisão domiciliar por militares; ativistas veem tentativa de golpe
Primeiro-ministro do Sudão, Abdallah Hamdok. Foto: Reprodução/Flickr