Negado

Diretor da Precisa nega ter participado de negociação da Covaxin com custo de R$1,6 bilhão que foi cancelada após acusação de propina

O contrato para 20 milhões de doses do imunizante ao custo de R$1,6 bilhão foi cancelado em agosto pela pasta depois de denúncias trazidas pela CPI.

Por - Publicado em 25 set de 2021, às 12:36 - Atualizado em 25 set de 2021, às 12:36
Diretor da Precisa nega ter participado de negociação da Covaxin com custo de R$1,6 bilhão que foi cancelada após acusação de propina
O diretor da Precisa Medicamentos, Danilo Trento. Foto: Divulgação