Corrupção

PF investiga fraude na compra de medicamentos no governo Temer; ministro da saúde era Ricardo Barros, atual líder do governo Bolsonaro

Estima-se que o prejuízo causado pelo pagamento antecipado de medicamentos sem o posterior fornecimento ultrapasse R$ 20 milhões.

Por - Publicado em 21 set de 2021, às 14:10 - Atualizado em 21 set de 2021, às 14:10
PF investiga fraude na compra de medicamentos no governo Temer; ministro da saúde era Ricardo Barros, atual líder do governo Bolsonaro
Operação Pés de Barro investiga fraude na aquisição de medicamentos de alto custo. Foto: Foto: Erasmo Salomão / Divulgação / Ministério da Saúde