Luto

Pastor Cleiton Collins lamenta a morte do Pastor David Yonggi Cho: “Grande pregador da palavra de Deus”

O fundador da Igreja do Evangelho Pleno Yoido tinha mais de 500 igrejas locais em toda a Coreia do Sul e enviou milhares de missionários a diferentes países ao longo dos anos, de acordo com um comunicado à imprensa da igreja.

O deputado estadual Pastor Cleiton Collins lamentou a morte do pastor David Yonggi Cho, fundador da Igreja do Evangelho Pleno Yoido (Assembleia de Deus) na Coréia do Sul. Ele tinha 85 anos e morreu após sofrer um derrame cerebral.

David Yonggi Cho estava hospitalizado desde junho de 2020, quando desmaiou devido a uma hemorragia cerebral. Ele veio a falecer em Seul nesta terça (14), deixando três filhos. Seu velório está marcado para sábado (18/09), e a igreja receberá fiéis em luto a partir de quarta-feira (15/09), informou a igreja.

O pastor era fundador da maior e mais popular igreja da Coreia do Sul, a Yoido Full Gospel Church ou Igreja do Evangelho Pleno Yoido, fundado em 1958, quando a Coreia do Sul ainda lutava para se reconstruir das cinzas da Guerra da Coreia, que durou entre 1950 e 1953.

Ver mais:

>> Morre pastor David Yonggi Cho, líder da maior igreja evangélica do mundo

Collins lamentou profundamente a morte de David e falou de seu legado para levar o evangelho na Coréia do Sul e no mundo.

“Fico muito triste pela notícia e lamento muito pela perca. O pastor David era um homem de Deus, uma pessoa propagou o evangelho de Jesus Cristo em um país em que o cristianismo não tinha muita presença e ele conseguiu fazer que muitas pessoas pudessem conhecer a palavra de Deus. Foi um grande homem, um grande pregador da palavra de Deus”, afirmou Collins.

De acordo com a Leadership Network, uma organização internacional de líderes religiosos, a igreja de David cresceu e se tornou uma das maiores igrejas do mundo, com mais de 480.000 participantes por semana.

Yoido tinha mais de 500 igrejas locais em toda a Coreia do Sul e enviou milhares de missionários a diferentes países ao longo dos anos, de acordo com um comunicado à imprensa da igreja. O comunicado afirma que o próprio Zhou participou de reuniões e movimentos religiosos em 71 países.

“Ele transmitiu o Evangelho de esperança ao povo coreano, que caiu em desespero após a Guerra da Coreia”, disse a igreja em comunicado. “Ele foi fundamental para o crescimento da igreja coreana, especialmente desenvolvendo a Yoido Full Gospel Church como a maior igreja do mundo”.

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal