Relatório

Governo de Pernambuco registra primeira morte de morador do Estado infectado pela variante Delta da Covid-19

A informação veio após mais uma rodada de sequenciamento genético de amostras de pacientes confirmados para o novo Coronavírus feito pelo Instituto Aggeu Magalhães (IAM/Fiocruz PE).

O Governo de Pernambuco informou que, por meio da Secretaria Estadual de Saúde, foi registrado o primeiro morador do Estado que morreu por Covid-19 com a variante Delta. O paciente, que era morador do Recife, de 75 anos, veio a óbito no dia 23 de agosto, tinha um quadro de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag).

A informação veio após mais uma rodada de sequenciamento genético de amostras de pacientes confirmados para a Covid-19 feito pelo Instituto Aggeu Magalhães (IAM/Fiocruz PE).

Das 22 amostras sequenciadas nesta leva, 15 foram de pacientes infectados com a linhagem Delta, sendo 14 de pacientes provenientes das cidades pernambucanas de Araçoiaba (1), Caruaru (4), Escada (1), Jaboatão dos Guararapes (1), Jataúba (2), Quipapá (1), Recife (3) e Fernando de Noronha (1), além de um paciente de outro estado: São Paulo/Ubatuba (1), turista que foi testado e notificado por Fernando de Noronha.

Leia mais:
>>> Anvisa proíbe uso de lotes da CoronaVac produzidos em fábrica não aprovada e Governo de PE repassa orientação aos municípios

Deste contingente, sete foram pessoas do sexo masculino e oito do sexo feminino, com idades entre 11 e 75 anos. Das amostras que positivaram para a variante Delta, 14 foram notificados no sistema de informação dos casos leves.

Os municípios de origem foram orientados a investigar e acompanhar os casos. Com isso, até agora, o Estado totaliza 29 pessoas infectadas por essa linhagem.

Transmissão Comunitária

O Governo de Pernambuco confirmou, em coletiva de imprensa online no dia 18 de agosto, que as investigações epidemiológicas realizadas pelos municípios, com apoio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), indicaram que a variante Delta já circulava no território.

No dia 12 de agosto, o sequenciamento genético feito pelo Instituto Aggeu Magalhães (IAM/Fiocruz PE) revelou duas amostras com a cepa originária da Índia: dois homens, de 24 e 49 anos, residentes em Abreu e Lima e Olinda, respectivamente.

Da redação do Portal com informações do Governo de Pernambuco

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal