Declaração

Lula afirma que “Bolsonaro não é de direita” e o compara com ditadores: “ele tem que ser analisado mais pra Hitler e Mussolini”

Ex-presidente afirmou ainda que a direita não quer um estado menor, mas sim "um estado servindo aos seus interesses".

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) declarou durante entrevista a Mano Brown, no terceiro episódio do “Mano a Mano”, que não acredita que o atual presidente, Jair Bolsonaro (sem partido), possa ser enquadrado como um político de direita. Segundo o petista, Bolsonaro precisa ser comparado com ditadores como Adolf Hilter e Benito Mussolini.

“O que tá acontecendo no Brasil não é uma disputa de direita e esquerda. É entre fascistas e democracia. Bolsonaro não é de direita. Ele tem que ser analisado mais pra Hitler e Mussolini do que pra um cara de direita. Porque ele não pensa. Ele não constrói um pensamento, ele constrói bobagem. Você não vê uma frase inteira dele dizendo alguma coisa que preste, é só bobagem”, declarou Lula.

O assunto surgiu quando Mano e Lula discutiam os espectros de “esquerda e direita”. O ex-presidente aproveitou o assunto para criticar ferozmente as declarações do ministro da educação Milton Ribeiro a respeito de pessoas com deficiências, classificando-as como horríveis.

Ver mais:

>> Lula decide não ir às ruas durante manifestações públicas em atos da Independência do Brasil; PT optou por Gleisi em SP

>> Lula: ‘A cada 7 de setembro, anunciei boas notícias. Naquele tempo, o Brasil era um país onde a vida das pessoas estava mudando para melhor’

Lula também definiu os dois polos políticos com suas palavras.

“Esquerda são agrupamentos políticos mais preocupados com a questão social, com o crescimento de oportunidades para os chamados oprimidos. E as direitas são aqueles setores conservadores, que querem ficar mais ricos em detrimento da sociedade.”

Lula afirmou ainda que a direita não quer um estado menor, mas sim “um estado servindo aos seus interesses”, mas que reconhece sua importância.

“A direita não fala uma linguagem que eu admiro que ela fale. Ele (Bolsonaro) ganhou porque muita gente do nosso povo votou com ele. Nós perdemos no debate ideológico. A direita tem sua importância sim, eu admiro um cara de direita que debate com firmeza. O que não acho é que esteja preparado pra enfrentar o debate destrutivo que eles fizeram”, disse.

Ao concluir, ele voltou a atacar o presidente Jair Bolsonaro.

“Não tem 3 minutos de argumento pra nada sério, Por isso que a vida dele é fake news”.

 

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal