Reação

Prefeito do Recife afirma que o Brasil assistiu hoje a mais uma afronta direta à democracia e que o país não dá ouvido a bravatas

João Campos fez a declaração nas redes sociais e ainda pontuou: "Seguiremos na defesa do diálogo para este caminho de reconstrução".

O prefeito da cidade do Recife, João Campos (PSB), foi até as redes sociais no começo da noite deste 7 de setembro, feriado de Independência do Brasil, para criticar as falas e manifestações do presidente Jair Bolsonaro.

No seu twitter, o prefeito escreveu que o Brasil “assistiu hoje a mais uma afronta direta à democracia”. João citou a crise que o País enfrenta e se mostrou sentido que a data tenha se tornado um episódio lamentável “com um novo flerte com a ruptura institucional”. 

Na sequência, o chefe Executivo do Recife pontuou, “Não vamos desistir do país que tantos ajudaram a sonhar e a construir. Os problemas precisam de soluções concretas, de lideranças que ajam com responsabilidade, com capacidade para ouvir e unir o Brasil em torno de um projeto democrático que renove a esperança”. 

E finalizou as publicações escrevendo: “Seguiremos na defesa do diálogo para este caminho de reconstrução. O Brasil real não dá ouvido a bravatas. E vai seguir em frente”. 

Leia também:

>>>Bolsonaro: “Quem age fora da Constituição deve ser ‘enquadrado’ ou ‘pedir para sair’”, disse sem citar nomes de ministros do STF, em Brasília

Governador de Pernambuco

Paulo Câmara, governador de Pernambuco pelo PSB, também foi até as redes sociais na noite deste feriado da Independência do Brasil, 7 de setembro, para rebater a postura do presidente Jair Bolsonaro diante das declarações que concedeu em ato na capital federal e na Avenida Paulista.

“O Sete de Setembro é uma data para celebrar a liberdade, a democracia e o progresso do nosso país. Não para promoção pessoal ou para o presidente ameaçar e desrespeitar os demais poderes constituídos. Infelizmente, ele está em campanha permanente e não governa o país”, escreveu Paulo Câmara.

O governador de Pernambuco usou o Twitter para para dizer que Bolsonaro vive em delírios totalitários e distante do mundo real questões como fome, miséria e inflação  estão de volta ao Brasil e sem perspectivas.

“Enquanto isso, no mundo real, longe dos delírios totalitários de Bolsonaro, a inflação, a fome e a miséria estão de volta e o Brasil segue sem perspectivas”, concluiu o governador Paulo Câmara.

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal