Homenagem

Local do atentado da facada contra Bolsonaro terá roda de orações em 7 de Setembro

Movimentos de direita podem realizar homenagem ao presidente em rua de Juiz de Fora (MG).

As manifestações do 7 de Setembro que devem acontecer em todo o país terá uma homenagem ao presidente Jair Bolsonaro em Juiz de Fora (MG), na zona da mata mineira. Após sofrer um atentado em que levou uma facada em 2018, o local terá uma rede de orações pelo presidente na rua Halfeld, centro da cidade, exatamente no local onde o então candidato ao Planalto levou uma facada de Adélio Bispo.

Segundo Deusemar de Souza Lima, diretor-geral do movimento Direita JF, a manifestação vai se concentrar na praça São Mateus, zona sul da cidade, mas se a adesão de manifestantes superar as 8.000 pessoas, o grupo deverá caminhar pelo centro da cidade e fazer a homenagem ao presidente na parte baixa da rua, onde ocorreu o atentado.

“Já foi feito outros atos aqui neste local do Calçadão da Halfeld exatamente numa lembrança do local da facada, uma oração, noutras 3 ocasiões. Podemos ter algo nessa intenção, foi falado entre alguns dos presentes na organização”, apontou.

Além do Direita JF, outros movimentos devem realizar atos na cidade em 7 de setembro. São eles o Movimento Brasil Republicano (MB), Nas Ruas, Família de Direita e Direita Minas.

Ver mais:

>> Saiba como serão as manifestações contra o STF e pró-Bolsonaro no dia 7 de setembro em Pernambuco

A facada em Bolsonaro

No dia 6 de setembro de 2018 o ainda candidato Jair Bolsonaro sofreu um atentado durante um comício que promovia sua campanha eleitoral para a presidência do Brasil. Enquanto era carregado em meio à uma multidão de apoiadores, o deputado sofreu um golpe de faca na região do abdômen. O autor foi identificado como Adélio Bispo de Oliveira e foi preso.

Imediatamente após o ataque, Bolsonaro foi levado à Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora, onde foi constatado que o esfaqueamento havia causado três lesões no intestino delgado e uma lesão em uma veia do abdômen que gerou uma forte hemorragia. Mesmo com a gravidade dos ferimentos e com uma grande perda de sangue, o presidenciável conseguiu sobreviver. 

Adélio foi preso em flagrante pela Polícia Federal e conduzido para a delegacia central da cidade.

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal