Receptividade

Dom Paulo Garcia, arcebispo da Igreja Episcopal do Brasil, é uma das autoridades a recepcionar Bolsonaro no Recife

O líder religioso fez recentemente um pronunciamento criticando ações autoritárias do Supremo Tribunal Federal e pediu posicionamento de fiéis. 

O arcebispo Dom Paulo Garcia, da Igreja Episcopal Carismática do Brasil, é uma das autoridades que encontra-se na Base Aérea do Recife, para receber nesta sexta-feira, 3 de agosto, o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido).

Recentemente Dom Paulo Garcia criticou ações autoritárias do Supremo Tribunal Federal (STF) e conclamou a Igreja para tomar um posicionamento em defesa da fé cristã.

“Como cristãos precisamos nos posicionar. Se não fizermos isso muito em breve seremos proibidos de declarar a nossa fé, até mesmo nas igrejas”, disse Paulo Garcia.

Veja também:
>>>Bolsonaro diz que ‘motociata’ em Pernambuco vai ser uma das maiores do Brasil e convoca apoiadores para ato, assista vídeo

Jair Bolsonaro aterrissa no Recife nesta sexta-feira, 3 de setembro, e na agenda do presidente estão diversos eventos por cidades do Grande Recife e agreste de Pernambuco, até sua partida, no sábado, dia 4.

No período da tarde, o primeiro compromisso será ao lado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro. Eles visitarão uma ação social, às 14h30, com apresentação da Orquestra Cidadã do Recife, no Sétimo Depósito de Suprimentos do Exército, no Cabanga. Às 15h30, o presidente terá um encontro com empresários no Mar Hotel Recife, em Boa Viagem.

Bolsonaro e as visitas surpresas

Informações dão conta de que o presidente pretende ir até a cidade do Paulista, no Grande Recife, uma vez que a cidade comandada pelo experiente prefeito Yves Ribeiro (MDB), no qual apresenta boa relação com o Governo Federal. O município comemora no sábado, 4 de setembro, 86 anos de Emanicipação Política e vai promover uma série de eventos como o hasteamento das bandeiras de Paulista, de Pernambuco e do Brasil, e a apresentação da Banda Aristides Borges, em frente ao prédio da Prefeitura, no Centro de Paulista, às 8h.

O presidente que é extremamente imprevisível pode fugir da agenda oficial com os compromissos já definidos pelo GSI (Gabinete de Segurança Institucional), comandado pelo ministro General Heleno.

 

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal