Transparência

Cabo se torna um dos pioneiros em PE a capacitar servidores para operação do Sistema de Gerenciamento de Indícios do TCE

O novo sistema previne auditorias desnecessárias através da troca de informações entre a instituição e o poder público.

A Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho está fazendo história em Pernambuco em relação à transparência na gestão dos recursos públicos. O município é um dos primeiros do Estado a capacitar servidores de todas as secretarias para operar o Sistema de Gerenciamento de Indícios (SGI) do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE).

O aplicativo será utilizado para auxiliar a fiscalização do órgão, identificando possíveis irregularidades na análise de dados e possibilitando a troca de informações entre o TCE e a Gestão Municipal.

O novo sistema previne auditorias desnecessárias através da troca de informações entre a instituição e o poder público. Vinte municípios do Estado foram inicialmente selecionados pelo TCE-PE para utilizar o novo sistema.

Leia mais:
>>> Abertas inscrições para contratação de professores no Cabo de Santo Agostinho; aprovados começam atividades no dia 20 de setembro

No Cabo, a Controladoria Geral estará monitorando diariamente o aplicativo. Na medida que houver o indício de alguma irregularidade, está será encaminhada ao setor responsável para que se busque as informações necessárias de forma a sanar o problema.

Na terça-feira, 31 de agosto, alguns servidores da Prefeitura do Cabo participaram de uma formação para entender como funciona o aplicativo e começar a utilizá-lo. O prefeito Keko do Armazém explicou que participar deste processo de implantação é essencial para a transparência do trabalho da gestão municipal.

“Estamos empenhados em melhorar os serviços e fortalecer a Controladoria Geral do Município. Reforçamos a nossa equipe com profissionais especializados e estamos reestruturando o órgão para que ele realmente desempenhe o papel de controle interno e dê transparência as ações do município”.

O Controlador-Geral do Município do Cabo, Júlio Cesar Corrêa, diz que o novo sistema é um avanço e demonstra uma mudança de cultura no TCE-PE, que passa atuar de forma mais preventiva, ajudando os jurisdicionados no controle de suas ações.

“Esse será um trabalho preventivo que irá ajudar tanto o TCE, que não abrirá auditorias desnecessárias, quanto o município, que poderá esclarecer indícios porventura apontados pelo órgão de controle externo antes mesmo que se tornem processos. A Controladoria irá acompanhar todos os procedimentos, fortalecendo a comunicação entre os diversos órgãos municipais e o TCE”.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal