Imunização

Cabo vacina os dois primeiros adolescentes do grupo comorbidades ou deficiência

Para comprovação da condição será necessário, além de documentos de identificação, um laudo médico ou declaração padrão do município.

A Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho iniciou, na sexta-feira (27), a imunização dos adolescentes com comorbidades elencadas no PNO (Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19) com a respectiva CID (Classificação Internacional de Doenças).

Pela manhã, dois jovens do bairro da Cohab e São Francisco receberam essa imunização, ambos têm diabetes, Deyvison Bruno Ferreira da Silva e Gabriel Artur da Silva Costa,  com 15 e 16 anos. Eles foram os primeiros desta faixa etária a serem vacinados.

Para receber a vacinação os adolescentes devem estar com comprovante de residência, mais os documentos comprobatórios de atendimento em centros de reabilitação ou unidades especializadas no atendimento de pessoas com deficiência, ou cartões de gratuidade no transporte público que indiquem a condição de deficiência.

Para comprovação da condição será necessário, além de documentos de identificação, um laudo médico ou declaração padrão do município (disponível no site da Prefeitura do Cabo, //servicos.cabo.pe.gov.br:8003/vacina/).

O cadastro é feito através do site da prefeitura. O município disponibilizou um número para tirar dúvidas da população sobre a vacinação contra a covid-19. O contato pode ser feito através do whatsapp (81) 99473-7398.

O centro de vacinação da cidade fica localizado na Praça Nove de Julho, na PE-60. Funciona sempre das 8h às 13h.

Cabo vacina os dois primeiros adolescentes do grupo comorbidades ou deficiência
Cabo vacina os dois primeiros adolescentes do grupo comorbidades ou deficiência. Foto: Gilberto Crispim / PMCSA

Ver mais:

>> Cabo de Santo Agostinho abre processo seletivo para professores; saiba como se candidatar

Lista das comorbidades:

– Diabetes mellitus

• Pneumopatias crônicas graves

• Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS)

• Insuficiência cardíaca (IC)

• Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar

• Cardiopatia hipertensiva

• Síndromes coronarianas

• Valvopatias

• Miocardiopatias e Pericardiopatias

• Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas

• Arritmias cardíacas

• Cardiopatias congênitas

• Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados

• Doenças neurológicas crônicas

• Doença renal crônica

• Imunossuprimidos

• Obesidade Grave

• Síndrome de down

• Cirrose hepática

Lista das deficiências:

DOENÇAS RARAS

– Síndrome de Cushing;

– Lúpus eritematoso sistêmico;

– Doença de Chron;

– Síndrome Cornélia de Lange;

– Doença de Huntington.

DEFICIÊNCIA FÍSICA

– Amputação – perda total ou parcial de um determinado membro ou segmento de membro;

– Paraplegia – perda total das funções motoras dos membros inferiores;

– Paraparesia – perda parcial das funções motoras dos membros inferiores;

– Monoplegia – perda total das funções motoras de um só membro (inferior ou superior);

– Monoparesia – perda parcial das funções motoras de um só membro (inferior ou superior);

– Tetraplegia – perda total das funções motoras dos membros inferiores e superiores;

– Tetraparesia – perda parcial das funções motoras dos membros inferiores e superiores;

– Triplegia – perda total das funções motoras em três membros;

– Triparesia – perda parcial das funções motoras em três membros;

– Hemiplegia – perda total das funções motoras de um hemisfério do corpo (direito ou esquerdo);

– Hemiparesia – perda parcial das funções motoras de um hemisfério do corpo (direito ou esquerdo);

– Ostomia – intervenção cirúrgica que cria um ostoma (abertura, ostio) na parede abdominal para adaptação de bolsa de fezes e/ou urina; processo cirúrgico que visa à construção de um caminho alternativo e novo na eliminação de fezes e urina para o exterior do corpo humano (colostomia: ostoma intestinal; urostomia: desvio urinário);

– Paralisia Cerebral – lesão de uma ou mais áreas do sistema nervoso central, tendo como consequência alterações psicomotoras, podendo ou não causar deficiência mental;

– Nanismo – deficiência acentuada no crescimento. É importante ter em mente que o conceito de deficiência inclui a in capacidade relativa, parcial ou total, para o desempenho da atividade dentro do padrão considerado normal para o ser humano. Esclarecemos que a pessoa com deficiência pode desenvolver atividades laborais desde que tenha condições e apoios adequados às suas características.

DEFICIÊNCIA INTELECTUAL

É considerada deficiência intelectual quando o funcionamento intelectual é significativamente inferior à média, com manifestação antes dos 18 anos e limitações associadas a duas ou mais áreas de habilidades adaptativas, tais como:

– Comunicação;

– Cuidado pessoal;

– Habilidades sociais;

– Utilização dos recursos da comunidade;

– Saúde e segurança;

– Habilidades acadêmicas;

– Lazer; e

– Trabalho.

DEFICIÊNCIA VISUAL

– Cegueira – na qual a acuidade visual é igual ou menor que 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica;

– Baixa Visão – significa acuidade visual entre 0,3 e 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica; Os casos nos quais a somatória da medida do campo visual em ambos os olhos for igual ou menor que 60°;Ou a ocorrência simultânea de quaisquer das condições anteriores.

DEFICIÊNCIA AUDITIVA

É a perda bilateral, parcial ou total, de 41 decibéis (dB) ou mais, aferida por audiograma nas frequências de 500Hz, 1.000Hz, 2.000Hz e 3.000Hz (Decreto nº 5.296/04, art. 5º, §1º, I, “b”, c/c Decreto nº 5.298/99, art. 4º, II).

Da redação do Portal com informações da Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal