Preconceito

Após ser alvo de racismo, jornalista da Globo rebate: ‘Aqui tem muito trabalho’

Pedro Lins contou ter sido questionado: "Falo com quem na Globo para parar de colocar vocês pretinhos para apresentar o jornal?"

O jornalista Pedro Lins, que apresenta o NE1, na TV Globo Nordeste, usou seu Instagram na quinta-feira (26), para desabafar a respeito de um ataque racista que sofreu. Com um vídeo, o apresentador contou ter sido chamado de “pretinho” e rebateu a violência recitando uma poesia do escritor paulista Pedro Martins.

Lins afirma que decidiu compartilhar a situação para que pessoas que passam pelo mesmo saibam que não estão sozinhos. Ele contou que foi abordado por uma pessoa e ouviu o seguinte questionamento: “Falo com quem na Globo para parar de colocar vocês pretinhos para apresentar o jornal?”.

Ver mais:

>> Vereadora Dani Portela comemora criação da Comissão de Igualdade Racial e Enfrentamento ao Racismo

O jornalista repetiu a resposta após ser surpreendido com o questionamento e afirmou que seu lugar foi conquistado com muito trabalho e competência.

“Aproveitar pra dizer também, como eu disse ontem a essa pessoa racista. Sorte? Não! Aqui tem muito trabalho, muita força, muito estudo e muita competência”, respondeu.

O jornalista também deixou os versos de um texto do escritor paulista Pedro Martins sobre racismo.

“Ele pensa que é melhor e tem mais capacidade, mas na verdade é maior a sua imbecilidade. Se o sangue é da mesma cor, e a pele é só uma carcaça, por que tanto desamor? Tanta arrogância de graça”. Nos comentários, o jornalista recebeu o apoio e o carinho do público.

No post, o jornalista criticou as pessoas que afirmam que não existe racismo no Brasil.

“E ainda tem gente que insiste em dizer que racismo não existe!”, escreveu.

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal