Religiosidade

Lula e a relação com as religiões pelo Nordeste vai de santos católicos, espíritos indígenas a Candomblé e Umbanda; evangélicos ficaram de fora

O ex-presidente relizou um giro por seis Estados da região incluindo Pernambuco, Piauí, Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte e Bahia.

Lula conclui o giro de visitas em seis estados do Nordeste brasileiro e chama atenção a pluralidade religiosa no qual o ex-presidente se colocou aberto para o diálogo com líderes católicos, indigíneas e suas crenças, assim como povos do Candomblé e Ubanda. Durante viagem, não houve registros de encontros com representantes evangélicos. 

 Em Salvador, o destaque foi para a igreja católica com as ações sociais do Instituto Santa Dulce dos pobres, a primeira santa genuinamente brasileira, sendo canonizada pelo Vaticano com o título de Santa Dulce dos Pobres. Ex-presidente postou fotos imagens de Santo Antônio e São Francisco de Assis.

Leia também:
>>> Vídeo: em encontro com líderes de umbanda, Lula é ‘benzido’ por mãe de santo e recebe imagem de Zé Pilintra, no Ceará

“Nossa viagem pelo Nordeste vai chegando na reta final. Com a proteção de São Francisco, as bençãos de Santo Antônio e o carinho do povo brasileiro!’, publicou Lula.

Nas redes sociais é possível verificar algumas publicações como registro desses momentos.

No Ceará, o ex-presidente  recebeu representantes da umbanda, Mãe Telma de Iemanjá, chama Lula de “homem de Xangô”. Após entoar um cântico, a mulher entregou ao petista uma imagem de Zé Pilintra (uma das principais entidades cultuadas pelos umbandistas).

“Em nome do meu povo da umbanda do Ceará eu lhe entrego Zé Pilintra das Almas, um grande mestre e curador” disse ao entregar a imagem a Lula.

Já em São Luís, no Maranhão, o petista participou de um ritual de proteção durante encontro com lideranças indígenas. O ex-presidente recebeu uma lança Krepur, representando o título de Guardião dos Territórios.

“Não são os indígenas que invadiram as terras, eles eram os donos das terras. Quando demarcamos um território estamos reconhecendo isso. Tenho certeza que talvez não tenhamos feito tudo que poderia ser feito, talvez até por desconhecimento. Quero que saibam que daqui pra frente nada será feito em um gabinete em Brasília. Tudo será feito diretamente com o povo de cada território”, afirmou Lula.

Lula iniciou a viagem pelo Nordeste em Pernambuco, no dia 15 de agosto, logo depois seguiu para o Piauí, foi até o Maranhão, passou pelo Ceará, esteve no Rio Grande do Norte e encerra giro na Bahia.

 “É uma oportunidade que tenho para aprender”, explicou no mais recente desses encontros, no último sábado (21), no Ceará.

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal