Inovação

Em Brasília, Raquel Lyra assina Acordo de Cooperação Técnica para promoção da Transformação Digital da Feira da Sulanca

O acordo prevê avaliar e diagnosticar a maturidade digital de comerciantes que atuam na tradicional feira do Agreste pernambucano.

A Prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, cumpriu agenda em Brasília, nesta segunda-feira (22). Na Capital Federal, a gestora visitou a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), onde assinou, juntamente com o presidente da ABDI, Igor Calvet, um Acordo de Cooperação Técnica para promoção da Transformação Digital dos Microempreendedores Individuais (MEIs) e/ou Empreendedores Informais da Feira da Sulanca de Caruaru. No encontro, também esteve presente o superintendente na Sudene, Evaldo Cruz. O acordo prevê avaliar e diagnosticar a maturidade digital de comerciantes que atuam na tradicional feira do Agreste pernambucano.

Veja também:
>>>Em Caruaru, Prefeitura realiza entrega de praça com playground, iluminação de LED e espaço pet, no Bairro Universitário

Segundo Raquel, esse acordo marca mais um momento histórico da feira no município. “Não tenho dúvidas do sucesso dessa iniciativa. A pandemia só antecipou o que precisava ser feito diante da competitividade de mercado. Se a gente não tem esse ganho agora, perderemos a condição de segundo maior polo têxtil do Brasil. É muito simbólico para a nossa cidade poder chegar e dizer que vamos poder ajudar a fazer essa travessia digital nesse momento”, declarou a Prefeita, durante a solenidade de assinatura do ACT.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Além do diagnóstico de maturidade digital, a ABDI irá elaborar um plano de aceleração da transformação digital com recomendações de rápida incorporação e de baixo custo (ou sem custos) e implementar pelo menos uma das recomendações propostas no plano.

À Prefeitura de Caruaru, como correalizadora do programa, caberá orientar e acompanhar as ações, sensibilizar e captar os empreendedores interessados em participar e desenvolver uma plataforma para hospedar as informações sobre o programa e as inscrições.

O presidente da ABDI, Igor Calvet, reiterou que a Agência e a Prefeitura estão juntas “para transformar digitalmente uma área que para nós aqui na ABDI  também é uma novidade: os feirantes em Caruaru, com uma feira mais conectada”, disse. Ele destacou que a transformação digital acontece em todos os setores da economia: no comercio, no varejo, na indústria. “Inicialmente, vamos aplicar, de maneira assistida, um diagnóstico de maturidade digital em 100 empreendimentos que comercializam seus produtos, a fim de avaliar o estágio atual dos negócios em relação à transformação digital, e identificar seus pontos fortes e fracos”, pontuou.

O Programa de Transformação Digital dos Microempreendedores Individuais (MEIs) e/ou Empreendedores Informais da Feira da Sulanca conta também com a participação do Sebrae de Pernambuco, que irá auxiliar na captação dos empreendedores que participarão do programa e na realização, avaliação e seleção das inscrições. Além de elaborar a curadoria de soluções de transformação digital disponíveis no portfólio do Sebrae, para execução dos planos de aceleração da transformação digital do público-alvo.

O Acordo de Cooperação técnica entre ABDI e a Prefeitura de Caruaru não prevê transferência de recursos financeiros entre as partes e terá vigência de 12 meses.

Da redação do Portal de Prefeitura com informações da Prefeitura de Caruaru. 

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal