Manifestação

Pastores convocam grande ato em favor do Brasil e em defesa da Constituição para 7 de setembro

Bolsonaro sinalizou que vai participar de atos no Dia da Independência.

A convocação foi anunciada pelo pastor Silas Malafaia, que afirmou que haverá “manifestações pacíficas em favor do Brasil e contra aqueles que querem rasgar a Constituição”, disse ele em seu canal oficial no Youtube.

Malafaia afirmou que estará a partir das 14 horas na Avenida Paulista, na cidade de São Paulo, com diversos outros líderes evangélicos, incluindo “Samuel Câmara, Abner Ferreira, Abe Huber, Vitor Hugo, César Augusto, Renê Terra Nova, Rina e Estevam Hernandes”.

Veja também: 

>>>Amado Batista convoca população para ato no dia 7 de setembro: “em favor do nosso capitão”; veja o vídeo

No mesmo vídeo, o pastor cita o cantor Sérgio Reis, que, no mesmo dia, publicou também uma convocação a caminhoneiros e empresários do agronegócio para uma manifestação que deve ocorrer nos dias anteriores à comemoração da Independência do Brasil.

Veja vídeo: 

Bolsonaro afirma que não haverá “ruptura”

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse na última quinta-feira, 19 de agosto, afirmou que não irá fazer uma “ruptura” institucional, mas alertou que o “provocam o tempo todo”, durante agenda em um evento em Cuiabá, no Mato Grosso.

“Essas confusões que existem por aí não são proporcionadas por mim. Da minha parte, não haverá ruptura. Sei das consequências internas e externas de uma ruptura. Mas provocam-nos o tempo todo. Não é justo prender quem quer que seja sem o devido processo legal. Não é justo o TSE agora desmonetizar páginas que falam que o voto impresso é necessário, ou que desconfiam do voto eletrônico. Daqui a pouco, os TREs vão fazer a mesma coisa. O TRE que é mais ligado com governador, vai perseguir aqueles que apoiam ou que têm uma visão diferente da candidatura daquele governador”.

Bolsonaro também falou sobre um movimento marcado para o dia 7 de setembro e garantiu que ninguém precisa se preocupar, já que a população é ordeira, pacífica e patriota.

“Perguntam onde estarei no dia 7. Estarei, como sempre, onde o povo estiver […] Ninguém precisa se preocupar com o movimento de 7 de setembro. Nosso povo é ordeiro, é pacífico, é patriota e, em sua maioria, acredita em Deus e, [em] sua maioria esmagadora, tem família. O que vão querer dia 7? Vão querer liberdade”, revelou.

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal