Afastamento

Jarbas Vasconcelos pede licença do Senado e ficará afastado da atividade parlamentar nas próximas semanas

O senador vai passar por um procedimento cirúrgico complementar, que realizou, com êxito, há um ano.

O senador Jarbas Vasconcelos  (MDB-PE) solicitou licença e ficará afastado pelas próximas seis semanas das atividades do Senado Federal.

De acordo com informações divulgadas pela coluna do João Alberto, o parlamentar vai realizar um procedimento médico complementar da cirurgia da próstata, que realizou, com êxito, há um ano. O procedimento não pode ser realizado, em função da pandemia do coronavírus. Passado o período, ele retomará sua agenda de trabalho.

A assessoria de Jarbas informou ao Portal de Prefeitura que o suplente não assume o cargo durante afastamento do parlamentar, por se tratar apenas de 6 semanas fora de licença.

Veja também:
>>>Deputados gastaram R$ 11,6 milhões no 1º semestre com serviço que Câmara oferece de graça

Jarbas visita André de Paula

Na ultima quinta-feira, o  senador Jarbas Vasconcelos realizou uma visita ao deputado federal, André de Paula (PSD-PE), pré-candidato ao Senado Federa pela Frente Popular.

No encontro, Jarbas  reforçou o nome do parlamentar pernambucano na disputa e destacou que encontrar o André de Paula é certeza de uma conversa produtiva e focada nos interesses de Pernambuco e do País.

“Ao seu lado, na legislatura passada, dividimos espaço na Câmara dos Deputados. Agora, somamos esforços atuando pela bancada federal do nosso Estado. Uma parceria valiosa e pautada pela vontade de trabalhar sempre em favor dos que mais precisam”, afirmou.

Já o presidente do PSD em Pernambuco agradeceu em suas redes sociais a visita do senador.

“Tenho por Jarbas extremo carinho, respeito e admiração. E hoje ele esteve comigo não apenas para renovar esse carinho recíproco, mas também para falar sobre as condições que ele entende que reúno para disputar a eleição majoritária como senador. Sem dúvida, seria um enorme privilégio representar Pernambuco no Senado Federal, cumprir todas as etapas do Legislativo e, o que é mais importante, passar a sentar ao lado de Jarbas Vasconcelos”, declarou o deputado.

CPI no Senado 

A CPI da Pandemia agendou três depoimentos para a próxima semana, As reuniões começam sempre às 9h30.

Na terça-feira (24), depõe Emanuel Catori, um dos sócios da farmacêutica Belcher; na quarta-feira (25), Roberto Pereira Ramos Júnior, presidente do FIB Bank; e na quinta-feira (26), Francisco Araújo, ex-secretário de Saúde do governo do Distrito Federal.

Durante as investigações da Comissão Parlamentar de Inquérito, os três foram citados como suspeitos de irregularidades em negociações com vacinas anticovid. Todos eles foram convocados pela Comissão. Portanto, são obrigados a comparecer para depor no dia e hora agendados.

O presidente da CPI da Pandemia é o senador Omar Aziz (PSD-AM), o relator é o senador Renan Calheiros (MDB-AL).

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal