Decisão

Renan decide que advogado da Precisa passa de testemunha para investigado, após permanecer em silêncio na CPI

Silveira optou pelo direito ao silêncio para não se incriminar, amparado por habeas corpus do Supremo Tribunal Federal (STF), alegando o sigilo profissional do advogado.

Por - Publicado em 18 ago de 2021, às 17:41   -   Atualizado em 18 ago de 2021, às 17:42
Renan decide que advogado da Precisa passa de testemunha para investigado, após permanecer em silêncio na CPI
Renan decide que advogado da Precisa passa de testemunha para investigado, após permanecer em silêncio na CPI. Foto: Divulgação