Domínio

Grupo Talibã chega à capital Cabul, no Afeganistão, após saída de tropas norte-americanas

Retomada do poder ocorre depois de duas décadas.

Combatente do Grupo Talibã chegaram neste domingo (15) à capital do Afeganistão – Cabul, a última grande cidade que ainda estava sob controle do governo do presidente Ashraf Ghani, que abandonou o país O movimento extremista volta  ao poder depois de duas décadas. Talibã, Grupo Talibã chega à capital Cabul, no Afeganistão, após saída de tropas norte-americanasTalibã, Grupo Talibã chega à capital Cabul, no Afeganistão, após saída de tropas norte-americanas

Nos últimos dias, todas as grandes cidades caíram nas mãos dos radicais islâmicos. Em muitas delas não houve sequer resistência. Hoje de manhã, antes de Cabul, eles tomaram Jalalabad.

Na capital, o governo afegão e os talibãs estão em conversações para uma rendição pacífica e a constituição de um governo transitório.

Ver mais:

>> EUA e talibãs assinam acordo e tropas devem deixar o Afeganistão

Para a especialista em relações internacionais da Rádio e Televisão de Portugal (RTP)Ana Isabel Xavier a ofensiva talibã sobre Cabul é “um pouco surpreendente”, tendo em conta que os serviços secretos norte-americanos previam a queda da capital afegã dentro de três meses.

Papa

O papa Francisco apelou à paz e ao diálogo entre as partes envolvidas no conflito do Afeganistão. O sumo pontífice da Igreja Católica considera que só dessa forma o povo afegão poderá viver em segurança.

Acordo

Os Estados Unidos e os representantes dos talibãs assinaram no dia 29 de julho, no Qatar, um acordo de paz histórico para o Afeganistão. Este pode ser o ponto final num conflito que já dura há 18 anos.

Para além do fim dos combates, durante os próximos 14 meses será concluída a retirada dos soldados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e dos Estados Unidos.

Da redação do Portal com informações da Agência Brasil

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal