Declaração

Vídeo: assista gravação de Roberto Jefferson dizendo que sem voto impresso não terá eleição em 2022 e atacando ministro Barroso

Ministro do STF Alexandre de Moraes determinou prisão preventiva do ex-deputado federal e presidente do PTB por organização criminosa e atentar contra a democracia e o Estado de Direito.

O presidente do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), ex-deputado federal Roberto Jefferson, teve prisão preventiva decretada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), por suposta participação em uma organização criminosa com finalidade de atentar contra a democracia e o Estado de Direito.  Em vídeo que circulou nas redes bolsonaristas, Roberto Jefferson afirmou que, sem o voto impresso, as eleições de 2022 não serão realizadas.

Confira vídeo:  

Veja também: 

>>>Roberto Jefferson chama Moraes de “cachorro do STF” após ficar sabendo sobre ordem de prisão

As afirmações foram feitas na terça, 10 de agosto, dia do desfile militar em Brasília e da votação no plenário da Câmara da PEC do voto impresso, bandeira bolsonarista.  A proposta foi derrotada pelo plenário da Câmara dos Deputados.

“Ouçam o rufar dos tambores. Garantidores da lei e da ordem. O começo da democracia, a garantia. O braço forte está dizendo o quê? Se não houver voto impresso e contagem pública de votos, não haverá eleição ano que vem”, afirma Jefferson .
O político também ataca o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Luís Roberto Barroso.
“O Barroso pode até zangar, bater o pezinho. Né, Barroso. Mas se não tiver voto impresso e contagem pública não terá eleição ano que vem. Ouça o rufar dos tambores”, segue

Ao ficar sabendo da ordem de prisão preventiva, Roberto Jefferson usou o Twitter para se queixar da determinação e chamou o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes de “cachorro do STF”, relacionando ainda as ações do Supremo às da Venezuela.

“A Polícia Federal foi a cada de minha ex-mulher, mãe de meus filhos, com ordem de prisão contra mim e busca e apreensão. Vamos ver de onde parte essa canalhice”, escreveu em uma conta alternativa no Twitter que estava usando desde que o perfil oficial foi retida pela plataforma.

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal