Declaração

“No Brasil a disputa entre Lula e Bolsonaro é a disputa entre a democracia e o nazismo”, diz ex-presidente petista

Lula afirma que não tem medo da polarização entre direita e esquerda no país e que sua luta é para "reconstruir a democracia".

O ex-presidente Lula afirmou, em entrevista à emissora alemã ARD em parceria com a DW, que sua principal luta agora é para “reconstruir a democracia” e que “no Brasil a disputa entre Lula e Bolsonaro é a disputa entre a democracia e o nazismo”.

Sobre uma possível candidatura para disputar a presidência da República nas eleições de 2022, Lula se mantem cauteloso: “Eu posso ser candidato se o meu partido decidir, se eu estiver bem de saúde e se eu conseguir construir uma aliança política.”

Veja também:
>>>Silvio Costa Filho diz que ‘Lula foi o melhor presidente para Pernambuco’

Quando questionado sobre a polarização entre esquerda e direita no país, o ex-presidente diz não ter medo. “Eu quero é polarizar mesmo”, justificando que será necessário desmentir Bolsonaro numa possível campanha.

Lula diz que não ver no momento chance de o impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) avançar, mas acredita que o presidente será cassado nas urnas pelo povo brasileiro. Seu objetivo, afirma, é “polarizar mesmo” nas eleições.

“Diga para o povo alemão que aqui no Brasil a disputa entre Lula e Bolsonaro é a disputa entre a democracia e o nazismo. É isso que está em disputa”, afirmou.

O petista também foi questionado se teria guardado algum tipo de sentimento de vingança ou ódio por sua prisão em 2018.

“Na verdade, não. Nem vingança, nem ódio. Eu me preparei na prisão para enfrentar a diversidade do momento que eu estava vivendo. Eu tinha consciência do processo todo, da mentira contada, da farsa e do papel que o [ex-juiz Sergio] Moro, o Ministério Público e a imprensa estava jogando. Uma parte do que nós estamos vivendo hoje com o governo Bolsonaro, com o fascismo, o nazismo e a ultradireita fazendo tudo errado, tem muito a ver com o comportamento que a imprensa teve nos últimos anos, negando a política. Eu venci, provei que aquilo que eu dizia era verdade e estou livre”, disse.

Confira a entrevista:

 

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal