Imunização

Fernando de Noronha pretende completar a imunização de quase todos os habitantes ainda este mês

A vacinação é para as pessoas que já atingiram o mínimo de 60 dias da primeira dose da vacina AstraZeneca, como sugere o Comitê Estadual de Saúde.

Com a totalidade dos adultos vacinados com a primeira dose das vacinas contra a Covid em Fernando de Noronha, a Administração Distrital vai realizar um mutirão para a aplicação da segunda dose da AstraZeneca. O objetivo é atingir a imunização completa de quase todos os noronhenses já nesse mês de agosto, restando apenas um pequeno grupo de moradores que receberam a Pfizer.

Com isso, quem foi vacinado com a primeira dose do imunizante da Fiocruz entre os dias 13 a 17 de junho poderá receber a segunda aplicação nos dias 12, 13, 14 e 16 de agosto, na quadra da Escola Arquipélago, das 8h às 17h. A vacinação é para as pessoas que já atingiram o mínimo de 60 dias da primeira dose da vacina AstraZeneca, como sugere o Comitê Estadual de Saúde.

Para esta nova etapa da vacinação em massa, um esquema será montado na quadra da escola para atender a todos, evitando aglomeração. O mutirão vai acelerar o processo de imunização na ilha, diminuindo a taxa de transmissão (ou exposição) viral.

“Contamos mais uma vez com a participação da população nesse segundo mutirão, como aconteceu no primeiro, em junho. Só mesmo com 100% dos noronhenses vacinadas totalmente é que poderemos ter mais tranquilidade para flexibilizar nossos protocolos, porque o nível de contágio vai consequentemente cair, como vem acontecendo desde o início da vacinação na ilha, em janeiro. Então, a adesão dos ilhéus é importantíssima”, diz Fernando Magalhães, superintendente de Saúde do distrito.

Quem já completou 60 dias da aplicação da primeira dose não precisa esperar o mutirão. Pode se dirigir à Unidade de Saúde da Família e receber a segunda dose do imunizante, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12 e das 13h às 17h. Em ambos os casos, é necessário levar o cartão de vacina da Covid-19. Já aqueles que foram imunizados com a Pizer, precisam esperar o prazo de 90 dias para receberem a segunda dose.

Fernando de Noronha pretende completar a imunização de quase todos os habitantes ainda esse mês
Fernando de Noronha pretende completar a imunização de quase todos os habitantes ainda esse mês. Foto: Georgia Kyrillos

Ver mais:

>> Baía do Sancho, em Fernando de Noronha, fica entre os três primeiros lugares em premiação do site TripAdvisor

Concluída a primeira fase da pesquisa de imunização

Em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado, a Administração de Noronha concluiu a primeira fase do estudo para avaliar a imunidade dos moradores após aplicação da vacina da Covid-19. Nesta primeira fase, foram realizadas 2352 coletas, número considerado suficiente para acompanhar o comportamento da imunidade pós vacina dos noronhenses. A pesquisa avalia a imunidade humoral (anticorpos) e celular (linfócitos) de defesa do organismo contra o coronavírus.

Com o resultado dos exames, que estão sendo processados na Fundação de Hematologia de Pernambuco (Hemope), será possível avaliar o quanto a pessoa produziu de anticorpos em relação à primeira dose da vacina. A segunda fase da pesquisa vai acontecer em setembro. A última será em fevereiro de 2022, seis meses após a aplicação da segunda dose da vacina.

Fernando de Noronha tem ao todo 731 registros da doença, sendo 649 no arquipélago e 82 casos importados. Desse total, 719 pessoas estão recuperadas e cinco óbitos foram confirmados. Há ainda s pacientes em quarentena.

Da redação do Portal com informações do Governo de Pernambuco

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal