Expectativa

Saiba como ficam as festas de Réveillon em Pernambuco; Rio de Janeiro anunciou ‘virada’ com 13 palcos e queima de fogos

A realização de grandes eventos ainda estão proibidos no Estado. Quem vender ingressos poderá ter que devolver o dinheiro.

Com o avanço da vacinação contra a Covid-19 em Pernambuco, associado a redução do número de casos de covid-19 e a flexibilização das atividades econômicas, algumas festas de Réveillon já foram anunciadas no Estado, inclusive com a venda de ingressos.

Vale lembrar que em Pernambuco os eventos desse tipo ainda não estão autorizados. A secretária-executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça, diz que o assunto está em discussão, mas ainda não existe posição oficial. O governo faz o alerta para aqueles que estão organizando os eventos de que estão sujeitas a devolver o dinheiro.

Veja também: 

>>>Pernambuco anuncia avanço nas medidas restritivas após registra menor patamar de casos graves suspeitos de Covid-19 desde o início da pandemia

“O governo não se pronunciou ainda sobre eventos do final de ano e Carnaval. Estamos em diálogo constante com o setor de eventos e eles alegam que precisam de previsibilidade para fechar a grade de artistas e vender os ingressos. É natural que para isso precisem de tempo. E estamos discutindo com eles para estruturar um protocolo, se seria necessário apresentar certificado de vacinação ou testagem, como seria?”, questiona.

A secretária disse ainda que a intenção do governo é realizar um evento teste ainda em setembro.

“Estamos observado a experiência de outros Estados que já realizaram eventos grandes. Além disso, em setembro também queremos realizar eventos-piloto para como funcionaria com as pessoas em pé, sentadas, com e sem máscara. Mas quem está vendendo ingressos está fazendo por sua conta e risco e poderá ter que devolver o dinheiro”, afirma Ana Paula.

Algumas festas já estão sendo divulgadas no Estado, como Essential, em Maria Farinha, o Parador, no Recife, Pega Vareta (sem local definido) e Carneiros, na Praia dos Carneiros, no Litoral Sul.

A Prefeitura do Rio de Janeiro lançou nesta sexta-feira, 6 de agosto, o edital para o Réveillon de 2022. Serão dez palcos espalhados pela cidade e outros três em Copacabana, bairro que há anos promove uma das maiores festas de Ano Novo do mundo.

No Diário Oficial, foram publicados dois cadernos de encargos com as obrigações que as empresas interessadas devem cumprir para realizar os eventos. Uma das principais novidades deste ano é o retorno da queima de fogos no alto da Igreja da Penha, que possui 382 degraus até o acesso. O santuário fica na zona norte da capital.

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal