Solicitação

Pastor Cleiton Collins pede ajuda do ministro do turismo para buscar soluções em diminuir os ataques de tubarões nas águas recifenses

Collins participou de um encontro no gabinete do ministro na quinta-feira (6).

Ainda de passagem em sua extensa agenda em Brasília-DF, o deputado estadual Pastor Cleiton Collins (PP) visitou o ministro do turismo, Gilson Machado Neto, que é pernambucano, e fez algumas solicitações para a melhora do turismo em Pernambuco.

Um dos pedidos de Collins foi a mobilização para ajudar na redução dos ataques de tubarão que recentemente vem assolando a orla de Recife e Jaboatão dos Guararapes. Além de trazer perigo aos banhistas, a ‘fama’ faz muitos turistas deixar de frequentar o litoral pernambucano por causa desses problemas e a inclusão da cultura cristã, dos movimentos culturais e religiosos que precisam de ajuda.

Ao lado do vereador de Vitória de Santo Antão, Felipe Cezar, outro pedido foi a revitalização do Monte das Tabocas em Vitória-PE e o ministro afirmou que pretende ir pessoalmente ao local, junto ao prefeito de Vitória-PE, Paulo Roberto, em busca de melhorias no lugar.

“Monte das Tabocas, batalha das Tabocas, 376 anos. Felipe conte com o ministério do Turismo, deputado conte o com o ministério para a gente colocar definitivamente a batalha das tabocas em Vitória de Santo Antão para a rota de panorama turístico da América Latina”, afirmou o Pastor.

O deputado elogiou a atuação do ministro Gilson e o saudou pelo desempenho à frente do ministério.

“A atuação do ministro pernambucano é uma das melhores e ele (Gilson Machado) vem se destacando, pois em meio a uma pandemia  teve um investimento de milhões em todo o Brasil para todas as áreas. Destaco a competência do ministro Gilson à frente de uma pasta tão importante”, elogiou.

Após a intensa agenda, esse foi o último dia de encontros do deputado em Brasília-DF, que já se prepara para voltar ao Recife.

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal