Economia

Pernambuco lança plano de retomada e espera gerar mais de 130 mil novos empregos até 2022

Uma das principais ações será o pagamento, durante seis meses, de metade do salário dos novos trabalhadores contratados pelo setor privado.

Nesta terça-feira, 3 de agosto, o Governo de Pernambuco anunciou durante evento no Palácio do Campo das Princesas, sede da gestão, um pacote de incentivos que fazem parte do Plano de Retomada em Pernambuco. Após um longo período de restrições ocasionadas pela pandemia do novo Coronavírus,  o foco do governo tem sido voltado na estimulação de empregos e, ao mesmo tempo, investir em projetos estruturadores.

Confira entrevista do governado Paulo Câmara: 

 
O plano apresentado hoje vai mirar em quatro eixos, sendo eles: Investimento Público, Investimento Privado, Ambiente de Negócio e Pessoas e Crédito. Até o final de 2022, o Estado vai aplicar R$ 5 bilhões na iniciativa.

Veja também:
>>>Paulo Câmara anuncia Flávio Sotero como novo presidente do Grande Recife Consórcio de Transportes

Uma das principais ações será o pagamento, durante seis meses, de metade do salário dos novos trabalhadores contratados pelo setor privado. A expectativa é que 133 mil novos postos de trabalho sejam criados em Pernambuco com a ação.

“Está sendo possível fazer isso agora, porque soubemos enfrentar a crise econômica, a partir de 2015, e a emergência da Covid-19, que ainda estamos atravessando, com muita responsabilidade e trabalho. Recuperamos nosso status de captação de crédito no mercado e isso está possibilitando o maior investimento da história de Pernambuco. Somente em 2022, serão R$ 3,7 bilhões”, afirmou o governador Paulo Câmara.

O acesso ao crédito também será facilitado e ampliado através da Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE). Serão duas modalidades. No Giro AGE, o empresário pode ter acesso a até R$ 100 mil, com três meses de carência, 33 meses para pagar e juros de 0,99% ao mês. Já no Crédito Popular, o valor a ser liberado pode ser de até R$ 5 mil, com seis meses de carência, 24 meses para pagar e juros de 0,5% ao mês. O Plano Retomada tem ainda foco na desburocratização, tornando mais fácil abrir uma empresa e negociar dívidas já existentes.

A ação do governo com a política de incentivo fiscais e a solidez do ambiente de negócios em Pernambuco também está incluída no Plano Retomada com um conjunto de empreendimentos já anunciados. São investimentos que juntos somam R$ 39 bilhões, como a planta de energia solar da multinacional Solatio e o conjunto de empresas que integra o fornecimento de peças e insumos da Jeep.

Entre os projetos que receberão o investimento de R$ 5 bilhões em recursos públicos estão a triplicação da BR-232, no acesso ao Recife, o Arco Metropolitano, outras rodovias incluídas no Programa Caminhos de Pernambuco, obras nos aeródromos de Caruaru, Serra Talhada, Araripina e Garanhuns, além de investimentos em abastecimento de água, saneamento e educação.

Estiveram presentes à solenidade diversos secretários estaduais; o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Eriberto Medeiros; o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Fernando Cerqueira; o presidente do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), Dirceu Rodolfo; o procurador-geral de Justiça, Paulo Augusto de Freitas; além de representantes do setor produtivo.

Da redação do Portal de Prefeitura com informações do Governo de Pernambuco. 

 

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal