Declaração

‘Sempre fui do Centrão, tenho me dado muito bem com eles’, diz Jair Bolsonaro

O presidente da República voltou a defender que nesta segunda-feira, 2 de agosto, que sempre fez parte do bloco político.

Novamente o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que sua relação com o bloco de partidos conhecido como Centrão não é uma ‘novidade’. O mandatário defendeu que  ‘sempre foi centrão’ e que tem ‘se dado bem’ com os políticos do grupo.
“É fácil, de forma pejorativa, acusar o Centrão. Outra, eu sempre fui do Centrão. Eu sempre fui do PP. Raramente eu estive fora de um partido que estava fora dessa sigla. Agora, não podemos simples achar, “ah, o Centrão está fora simplesmente do destino do Brasil”. É o que eu tenho para governar. E tenho me dado muito bem com essas pessoas”, disse Bolsonaro em entrevista à rádio ABC de Novo Hamburgo.
Jair Bolsonaro realiza uma reforma ministerial e nomeou o senador Ciro Nogueira (PP-PI) para a Casa Civil. Em 2018, durante campanha eleitoral, ele afirmou que nunca se misturaria com o “centrão”. Bolsonaro também costumava dizer que o erro dos governos petistas era ter entregado ministérios para o centro.

Bolsonaro por sua vez afirma sentir dificuldade para poder governar sem apoio do chamado Centão.

“Pessoal fala “Centrão”…Olha, senta na minha cadeira aqui e governe sem o voto de mais da metade dos parlamentares que são aí (do) dito Centrão. Vem aqui e governe sem eles. Aprove PEC, aprove projetos de lei”, afirmou.

O governador de São Paulo João Doria (PSDB) teceu críticas ao presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido), ao ser questionado pelo jornalista Luiz Fernandes, do site Portal de Prefeitura, sobre a reforma ministerial feita por Bolsonaro nas últimas semanas e sua aproximação com o ‘Centão’.

O gestor participou na última quinta-feira, 29 de julho, de entrevista no Programa do comunicador Alberés Xavier, Cidade em Foco, da Rede Pernambuco de Rádios.

A respeito da nomeação do senador Ciro Nogueira (PP-PI) para a Casa Civil da Presidência República, João Doria disse que o mandatário estaria indo de encontro ao que ele mesmo criticava no passado.

“Não há reforma que suporte um governo incompetente, um presidente despreparado. Pode reformar a vontade para o centro, pra cima, pra baixo, nada vai adiantar. Aliás, ele que criticava o ‘centão’ – se lembra né, na campanha de  2017, antes das eleições de 2018 e durante as eleições – logo no início do seu governo, em 2019, Bolsonaro dizia que jamais faria aquilo que outros governos fizeram, de colocar a oportunidade para o centrão governar, e agora ele tá fazendo exatamente isso”, criticou o gestor.

 

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal