Brasil

Mourão: ‘Sigo neste governo até o fim, em respeito as pessoas e a mim mesmo, pois nunca abandonei uma missão’

Vice-presidente usou o Twitter para fazer declaração e lembra que 2018 viajou pelo Brasil e muitas pessoas falam que votaram na chapa JB-Mourão por confiar em mim.

O vice-presidente da República, general Heleno Mourão (PRTB), foi até as redes sociais na tarde deste sábado, 31 de julho, para se manifestar oficialmente a respeito dos boatos de sua saída do cargo após declarações do presidente Jair Bolsonaro e que não foram bem recebidas.

Na publicação, o militar fez algumas observaçãoes como o fato de que desde 2018 viaja pelo Brasil e escutou de muitas pessoas que votaram na chapa Jair Bolsonaro e Mourão por confiar no general.

Destacou que em respeito a essas pessoas e a si mesmo, não importando as intercorrências, sigue até o fim no governo. Complementando que nunca abandonou nenhuma missão na sua vida.

Leia também:
>>> Bolsonaro compara vice-presidente Mourão a ‘cunhado’: ‘Tem que aturar’

Bolsonaro sobre Mourão: “Vice é igual cunhado. Você casa e tem que aturar”

O presidente Jair Bolsonaro comentou na última segunda-feira, 26 de julho, sobre sua relação com o vice-presidente Hamilton Mourão. O mandatário comparou o general a um “cunhado” e relatou que ele possui uma “independência muito grande” que por vezes acaba atrapalhando. 

“O Mourão faz o seu trabalho, tem uma independência muito grande. Por vezes aí atrapalha um pouco a gente, mas o vice é igual cunhado, né. Você casa e tem que aturar o cunhado do teu lado. Você não pode mandar o cunhado embora. Então, estamos com Mourão, sem grandes problemas, mas o cargo dele é muito importante para agregar aí. Dele, não. O cargo de vice é muito importante para angariar simpatias quer seja para candidatura à Presidência, governador ou prefeito”, apontou em entrevista à Rádio Arapuan.

Bolsonaro falou ainda que a escolha de sua composição de bancada, assim como a de vice, ocorreu em cima da hora em 2018.
“A escolha do meu vice foi muito em cima da hora. Assim como a composição da bancada, especial para deputado federal. Muitos parlamentares depois de ganhar as eleições com nosso nome, transformaram-se em verdadeiros inimigos nossos. Então, a gente não quer sofrer desse mesmo problema por ocasião das eleições do ano que vem, caso eu venha candidato a presidente, obviamente. Não estou batendo o martelo que serei, nem que não serei. O vice é uma pessoa importantíssima para agregar simpatias. Alguns falam que um bom vice ia ser de Minas Gerais, ou de um estado do Nordeste, ou uma mulher ou de perfil mais agregador pelo Brasil. Isso está no radar de qualquer candidatura majoritária no Brasil”, concluiu.
 

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal