Presença

Bolsonaro participa da primeira motociata depois que deixou hospital; ato reuniu apoiadores, em Presidente Prudente, São Paulo

O presidente desembarcou na cidade por volta de 9h, estando na compania dos ministros Marcelo Queiroga (Saúde) e Tarcísio de Freitas (Infraestrutra) e do presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães.

O presidente Jair Bolsonaro participa de um passeio de moto com apoiadores na manhã deste sábado, 31 de julho, em Presidente Prudente (SP).

O presidente desembarcou por volta de 9h. Vídeo mostra que ele está acompanhado dos ministros Marcelo Queiroga (Saúde) e Tarcísio de Freitas (Infraestrutra) e do presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães. A deputada Carla Zambelli (PSL-SP) também está no local.

A motociata começou no aeroporto da cidade. Depois de alguns minutos, Bolsonaro parou a moto para acenar aos apoiadores.

Leia mais:
>>> Vídeo: Michelle Bolsonaro convoca população para manifestação em apoio ao presidente e ao voto auditável neste 1º de agosto; assista

É o 5º passeio de Bolsonaro com apoiadores desde maio. Teria sido a 6ª motociata, se ele não tivesse cancelado a presença em um evento em Manaus depois de ter sido hospitalizado. Participou apenas por vídeo, em transmissão com os manifestantes.

Bolsonaro tem uma visita agendada ao Hospital Regional do Câncer da cidade, às 12h deste sábado, 31 de julho, com o ministro Marcelo Queiroga.

Da redação do Portal com informações do site Poder 360

Auxílio Emergencial

O presidente Jair Bolsonaro não descarta a possibilidade de que o governo federal estenda o pagamento do auxílio emergencial para 2022. De acordo com o chefe do Executivo, se a pandemia da covid-19 não arrefecer, o benefício será estendido novamente, assim como aconteceu neste ano.

“Somente no ano passado, nós gastamos em torno de R$ 300 bilhões com o auxílio emergencial. Isso equivale a mais de 10 anos de Bolsa Família. Neste ano, demos mais quatro meses de auxílio. A gente espera que, com o término da vacina, com a questão da pandemia sendo dissipada, não seja mais preciso isso. Mas, se porventura continuar, nós manteremos o auxílio emergencial”, disse o presidente na sexta-feira, 30 de julho, em entrevista à Rádio Rock, de São Paulo.

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal