Declaração

Vice-governador da Bahia afirma “não vamos aceitar” Bolsonaro no PP

Probabilidade de filiação do presidente Bolsonaro no PP aumentou após o presidente do partido ganhar o cargo de novo ministro da Casa Civil.

O vice-governador da Bahia, João Leão (PP), disse durante entrevista à Globo News nesta quinta-feira (29) que o presidente Jair Bolsonaro não irá para o partido e que os componentes do PP não irão aceitar que chegue alguém para comandar a sigla.

“Bolsonaro não vem para o PP. Nós não vamos aceitar que venha alguém para comandar o partido. Não existe isso dentro do PP”, afirmou o vice-governador.

Após o presidente nacional do partido, Ciro Nogueira, se aproximar do presidente Jair Bolsonaro e ganhar o cargo de novo ministro da Casa Civil, ficou uma possibilidade de Bolsonaro de se filiar à sigla. 

Ver mais:

>> Senador Ciro Nogueira aceita convite de Bolsonaro para assumir o Ministério da Casa Civil

Mas os dirigentes do partido estavam divididos sobre possível filiação de Jair Bolsonaro e temiam que a ida de Bolsonaro para o PP pudesse prejudicar acordos estaduais para eleições de 2022. Bolsonaro já fez parte do Progressistas de 2005 a 2016, quando era deputado federal. O presidente tem falado que “é do Centrão”.

“Sou do Centrão. Fui do PP metade do meu tempo. Fui do PTB, fui do então PFL. No passado, integrei siglas que foram extintas”, disse o chefe do executivo ao rebater as críticas de que tenha entregado o governo para o Centrão.

Jair Bolsonaro está sem partido desde novembro de 2019, quando anunciou sua saída do PSL. O presidente tentou criar uma nova legenda, a Aliança pelo Brasil, mas não conseguiu recolher as assinaturas necessárias.

O PP é um dos partidos mais fortes na Câmara, com 41 deputados federais. No Senado, a sigla ocupa 7 cadeiras.

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal