Opinião

Bolsonaro comenta que “história” de Joice Hasselmann está “esquisita” e alega que deputada tenta culpá-lo por agressões

O presidente não quis entrar em detalhes sobre o assunto: "Tenho certeza que a Polícia Civil de Brasília desvendará o que aconteceu”.

O presidente Jair Bolsonaro comentou na última terça-feira, 28 de julho, o caso das agressões sofridas pela deputada federal Joice Hasselmann (sem partido). O mandatário disse que “está bastante esquisita” a história envolvendo as agressões sofridas pela deputada. Para Bolsonaro, Joice tenta culpá-lo pelo ocorrido. “Me culpa achando que vou responder. Não vou”.

Bolsonaro deu as declarações no Palácio do Planalto, em entrevista à Rede Nordeste de Rádio.

Veja também:
>>>Câmeras de segurança não mostram nenhum suspeito em prédio de Joice

>>>Senador supõe que agressões sofridas por Joice Hasselmann foi por traição ou droga

>>>Joice Hasselmann revela fraturas e lesões após acordar ensanguentada enquanto dormia sozinha em quarto

“Não quero entrar na polêmica. O que eu vejo na imprensa, vão ver sinal eletrônico daqueles dias, ver a fita do prédio dela e pedir exames no que compete a ele. Não quero polemizar. E tenho certeza que a polícia vai desvendar”, disse o chefe do governo federal ao jornalista Magno Martins.

O presidente não quis entrar em detalhes sobre o assunto. “Ela está contando uma história aí, estou acompanhando, tenho certeza que a Polícia Civil de Brasília desvendará o que aconteceu”, disse.

De acordo com agentes da Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados, que investigam o caso, após analisar câmeras de segurança não foi encontrado nenhum suspeito entrando no prédio da parlamentar.

Até a noite da segunda-feira (26), não surgiu imagens de pessoas estranhas entrando no local onde a deputada federal mora em um apartamento funcional, em Brasília.

Conforme as filmagens feitas pelas câmeras de segurança analisadas pelos peritos, não foi identificada qualquer anormalidade. Hasselmann mora no sexto andar do edifício.

Imagens de domingo (18), quando ocorreu o episódio em que a parlamentar sofreu cinco fraturas no rosto e uma na costela, foram verificadas, como também registros de dias anteriores e posteriores ao fato.

 

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal