Subsídio

Paulo Câmara sanciona lei que garante subvenção de mais de R$ 2,4 milhões ao Hospital de Câncer de Pernambuco

Valor será destinado à recuperação de um pavimento térreo do prédio anexo desativado após um incêndio ocorrido em 2014.

O governador Paulo Câmara sancionou, nesta quinta-feira, 22 de julho, a lei que autoriza a concessão de uma subvenção social de aproximadamente R$ 2,4 milhões ao Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP).

Os recursos serão destinados a equipar a unidade e concluir a recuperação do prédio desativado após um incêndio ocorrido em 2014.

“Aprovamos um projeto na Assembleia Legislativa que garante essa subvenção ao Hospital de Câncer, e vai possibilitar a abertura de novos leitos, a oferta de um melhor serviço, de novos exames e novos espaços para cuidar das pessoas. A oncologia é uma área extremamente essencial em Pernambuco”, destacou Paulo Câmara.

Leia mais:
>>> Compesa atende pedido do governador Paulo Câmara e não aplica reajuste na conta de água dos 600 mil beneficiários da Tarifa Social

Fundado em 1945, o HCP é uma instituição privada, sem fins lucrativos, dedicada ao diagnóstico e tratamento de pacientes oncológicos exclusivamente por meio do Sistema único de Saúde (SUS). De acordo com o secretário estadual de Saúde, André Longo, cerca de 50% dos pacientes em tratamento de oncologia em todo o Estado procuram o HCP, e as verbas destinadas à instituição serão fundamentais para melhorar o atendimento.

“É um reconhecimento a essa unidade hospitalar, buscando incentivar a expansão e a qualificação do atendimento à população pernambucana”, reforçou.

O HCP já recuperou o pavimento térreo do prédio anexo, destruído pelo incêndio em 2014, e instalou no local o novo Centro de Quimioterapia. Com a subvenção, será possível recuperar os demais pavimentos do prédio, onde funcionarão o novo Centro de Transplante de Medula Óssea – TMO, 24 leitos para hematologia, 20 leitos de UTI, um novo centro cirúrgico com 12 salas e a central de material de esterilização, além de 13 leitos da sala de repouso. A previsão é de que até dezembro deste ano a reestruturação do prédio esteja concluída.

Segundo o presidente do Conselho de Administração do Hospital de Câncer de Pernambuco, Ricardo de Almeida, os novos recursos são de extrema importância para a população, que será a grande beneficiada com as ações de prevenção, educação, tratamento e também de ensino e pesquisa que são oferecidas no hospital.

“Com a recuperação do prédio, todos esses serviços serão potencializados”, afirmou. Almeida esteve acompanhado de Cláudia Barbosa, superintendente administrativa do HCP.

Da redação do Portal com informações do Governo de Pernambuco

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal