Medida

Compesa atende pedido do governador Paulo Câmara e não aplica reajuste na conta de água dos 600 mil beneficiários da Tarifa Social

Os clientes inscritos no programa foram contemplados com a isenção do pagamento da conta no período de março a setembro de 2020 e, novamente, de março a maio deste ano.

A Compesa (Companhia Pernambucana de Saneamento), atendendo uma recomendação do Governo do Estado em virtude da pandemia do novo coronavírus, informa que solicitou a Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe) a suspensão do reajuste de 11,90% da tarifa social que permanecerá no valor de R$ 9,44. A medida irá beneficiar cerca de 600 mil pernambucanos que participam do programa que oferece valor de conta diferenciada.

O comunicado foi enviado para imprensa nesta quarta-feira, 21 de julho, e detalha os motivos da decisão que levou o Governo aplicara  a medida.

Vale destacar que os clientes da tarifa social foram contemplados com a isenção do pagamento da conta no período de março a setembro do ano passado e, novamente, de março a maio deste ano.

A iniciativa faz parte de uma série de ações que demonstram o compromisso do Governo do Estado e da Compesa com a população pernambucana mais afetada financeiramente pela pandemia do novo coronavírus.

Confira o comunicado na íntegra:

Atendendo recomendação do Governo do Estado em virtude da pandemia do novo coronavírus, a Compesa informa que solicitou a Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe) a suspensão do reajuste de 11,90% da tarifa social que permanecerá no valor de R$ 9,44. A medida irá beneficiar cerca de 600 mil pernambucanos.

Vale destacar que os clientes da tarifa social foram contemplados com a isenção do pagamento da conta no período de março a setembro do ano passado e, novamente, de março a maio deste ano. A iniciativa faz parte de uma série de ações que demonstram o compromisso do Governo do Estado e da Compesa com a população pernambucana mais afetada financeiramente pela pandemia do novo coronavírus.

Leia também:
>>> Pernambuco terá reajuste na conta de água em 11,9%; saiba quando aumento entra em vigor

Entenda

Um novo reajuste na conta de água dos usuários dos serviços de água e esgoto da Compesa (Companhia Pernambucana de Saneamento) foi publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (20).

O aumento será de 11,90% na conta de água, sendo o segundo reajuste para 2021. Em janeiro, entrou em vigor um aumento de 2,4% na tarifa.

Sobre o novo reajuste, a resolução da Arpe (Agência de Regulação de Pernambuco) alega que a medida é para “compensar os efeitos da inflação de 1º de julho de 2020 a 30 de junho de 2021”.

A nova tabela tarifária foi homologada pela agência reguladora. O Governo de Pernambuco é quem detém o controle acionário da Compesa e no novo reajuste entra em vigor no dia 19 de agosto.

Com o reajuste, uma conta de R$ 100, por exemplo, passa a custar R$ 111,90. O aumento da taxa pelos serviços de abastecimento de água e de coleta e tratamento de esgotos sanitários prestados pela Compesa tem o objetivo de compensar os efeitos da inflação do período de 1º de julho de 2020 a 30 de junho de 2021.

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal