Entrevista

Ministro da Educação fala sobre questões de gênero em livros didáticos e reabertura das escolas

Milton Ribeiro conversou com o Portal de Prefeitura ao realizar agenda em Pernambuco com o presidente da Fundaj, Antônio Campos.

O portal de prefeitura realizou uma entrevista exclusiva com o ministro da educação, Milton Ribeiro e o presidente da fundação Joaquim Nabuco, Antônio Campos. Na conversa, Milton Ribeiro destacou as ações que tem realizado a frente do MEC após um ano de gestão, além de falar sobre a reabertura das escolas e questão de gênero em livros didáticos.

Veja também:
>>>Prefeito Yves Ribeiro se reúne com Ministro da Educação para articular investimentos na área em Paulista

Confira a entrevista na íntegra: 

Agenda em Pernambuco

O ministro cumpriu agenda em Pernambuco na última quinta e sexta-feira, 15 e 16 de julho. Milton Ribeiro participou da inauguração da sede da Cinemateca Pernambucana e dos lançamentos do site e do livro do Prêmio Delmiro Gouveia de Economia Criativa.

Inaugurada em 2018, a Cinemateca foi um espaço idealizado como reduto do audiovisual produzido em Pernambuco, com o objetivo de fortalecer a cadeia produtiva e preservar o vasto acervo do estado, bem como garantir a disponibilidade para realizadores, pesquisadores, estudantes e público em geral.

O ministro da Educação mostrou, durante sua fala no evento, sua gratidão e alegria em poder participar da agenda. “Fico contente de poder, nessa minha gestão, participar de algo histórico que tem a ver com memória, com cultura, e ajudar esse projeto. Quero agradecer por essa grande oportunidade de participar da história da Fundaj”, afirmou Ribeiro. Ele reforçou, ainda, que acredita e admira o projeto. “Eu acredito nesse projeto, nessas pessoas que organizam, que dão valor às coisas importantes como a arte e a cultura. Para mim isso é admirável”, disse Ribeiro.o.

O ministro da Educação também participou da solenidade de entrega de certificado aos vencedores do Prêmio Delmiro Gouveia de Economia Criativa. Milton prestigiou, em outubro, o lançamento do certame e, em novembro, a divulgação dos vencedores. O concurso destinou R$ 900 mil para 90 projetos em todo o Nordeste.

Na sexta-feira, acompanhado  do presidente da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), Antônio Campos, o ministro visitou o Centro Integrado de Ensino Infantil Bem-Me-Quer.

Aulas presencias

Milton Ribeiro voltou a defender o retorno das aulas presenciais, mas lembrou que o Ministério da Educação não pode obrigar os gestores municipais e estaduais, já que cada local é responsável pelo plano de convivência com o novo Coronavírus.

“Eu acho que já passou do tempo das crianças voltarem as aulas. O Brasil não aguenta mais. É um dos únicos países do mundo a ter escolas fechadas. Eu acho que já passou de todos os limites”, disse Milton Ribeiro ao Portal de Prefeitura.

Ideologia de gênero

Quando questionado sobre material didático que fala em identidade de gênero para crianças, o ministro se colocou contrário e disse que o público infantil não têm condições e nem maturidade.

“Existe tempo para tudo na vida. Eu acho que a gente entrar na vida de uma criança de 6 anos e colocar para ela esse tipo de questão (tratar sobre gênero) é no mínimo inoportuno, eu acho que tudo na vida tem seu tempo. Ela (a criança) não tem maturidade, ela não tem as ferramentas como saber ler e escrever, para ela poder discernir ou procurar conhecer. Eu não posso chegar, como diz, para uma criança de 6 anos e dizer para ela: Se quiser ser menino você é menino, se quiser ser menina é menina”, argumentou o ministro.

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal