Comunismo

Vídeo: deputada divulga ato do PT, PCdoB e movimentos de esquerda em favor da ditadura cubana, realizado em Brasília

O ato acorre após uma série de manifestações, sem precedentes, que tomaram as ruas de Cuba com gritos de “Liberdade!” e “Abaixo a ditadura!”.

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), divulgou um vídeo em suas redes sociais em que mostra um ato realizado pelo PT, PCdoB e movimentos de esquerda em favor do regime comunista cubano em frente à Embaixada de Cuba, em Brasília.

No vídeo publicado pela bolsonarista, os manifestantes gritavam a seguinte frase: “Brasil, Cuba, América Central, a classe operária é internacional”.

O ato acorre após uma série de manifestações, sem precedentes, que tomaram as ruas de Cuba com gritos de “Liberdade!” e “Abaixo a ditadura!”.

Veja mais:
>>>Cubanos saem às ruas para pedir liberdade e gritar “abaixo a ditadura”

Assista o vídeo: 

O país, comandado pelo Partido Comunista há várias décadas, passa por sua maior crise econômica em 30 anos. Após as manifestações, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou o regime comunista e disse que ‘aqui no Brasil tem gente que ainda assim apoia o país’.

Os protestos aconteceram de forma espontânea e foram amplamente divulgados pelas redes sociais, que por sinal eram proibidas pelo regime cubano e só foram liberadas pelo atual presidente Miguel Díaz-Canel. A internet móvel chegou ao pais em 2018.

Confira: 

O ex-presidente Lula comentou, na última terça-feira, 13 de julho, a situação de Cuba durante a pandemia de Covid-19 e pediu o fim do bloqueio econômico imposto à ilha há seis décadas pelos Estados Unidos. O comentário ocorreu durante entrevista à radio Bandeirantes, quando Lula foi questionado sobre uma manifestação ocorrida em Cuba.

“O que está acontecendo em Cuba de tão especial? Houve uma passeata em Cuba. Aliás, numa das televisões a que eu assisti, o presidente de Cuba (Miguel Díaz-Canel) estava na passeata, conversando com as pessoas. Há razões de ter protesto em Cuba? Há. Cuba é um país que está empobrecido por conta de um bloqueio que é muito sério, são 60 anos de bloqueio. Nessa questão da pandemia, é desumano manter o bloqueio porque quem morre é criança, quem morre são os velhos, são pessoas que não estão em guerra”, afirmou. E acrescentou que a manifestação não foi reprimida com violência. “Você não viu nenhum soldado ajoelhado no pescoço de um negro matando ele”, disse Lula, lembrando a morte de George Floyd, nos Estados Unidos.

A manutenção do bloqueio, ao qual quase todos os países da ONU se opõem, se torna ainda mais desumano durante a pandemia, ressaltou Lula. “Cuba não conseguiu nem comprar respirador porque os americanos não permitiram que chegassem lá. Isso que é desumano. Isso é que a gente deveria estar criticando. Não tem problema pedir democracia em Cuba.

 

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal