Pesquisa

Datafolha: No 2º turno, Lula tem 58% de votos contra 31% de Bolsonaro

O levantamento foi realizada na quarta (7) e quinta-feira (8) e ouviu presencialmente 2.074 eleitores pelo Brasil. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

A nova edição da pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (9) indica que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria o presidente Jair Bolsonaro em um eventual segundo turno, com 58% dos votos contra 31%, respectivamente.

O petista também aparece com vantagem sobre outros presidenciáveis tanto no primeiro como no segundo turno. Porém, os nomes do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), também superam as intenções de voto de Bolsonaro em um cenário de segundo turno.

Lula também aparece à frente na pesquisa espontânea quando o eleitor declara, sem ter ouvido opções de nomes, qual é o candidato escolhido. O petista obteve 26%, seguido por Bolsonaro (19%) e Ciro Gomes (2%). Outros nomes foram apontados por 2%, enquanto 42% não souberam responder, e 7% afirmaram que votariam nulo.

A pesquisa foi realizada na quarta (7) e quinta-feira (8) e ouviu presencialmente 2.074 eleitores pelo Brasil. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Primeiro turno

Nas perspectivas de primeiro turno, Lula tem 46% das intenções de voto, sendo seguido por Bolsonaro (25%), Ciro Gomes (8%), João Doria (5%) e o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (4%). Optaram por branco e nulo 10% dos entrevistados, enquanto 2% afirmaram ainda não saber em quem votar.

Em outro cenário, o nome do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), substituiu o de João Doria, mas não chegou a superar as intenções de voto no governador paulista. Leite teve 3% das intenções, enquanto o restante dos candidatos permaneceu com os mesmos percentuais.

Em relação ao perfil dos eleitores, o Datafolha destaca que Lula é o preferido entre desempregados (64%) e quem ganha até dois salário mínimos (57%). Já Bolsonaro é o mais escolhido entre empresários (52%) e tem 41% dos votos de quem ganha de 5 a 10 salário mínimos.

Ver mais:

>> Datafolha diz que reprovação do governo Bolsonaro subiu para 51% e atinge maior nível desde o início do mandato

Segundo turno

Nas disputas de segundo turno, além da vantagem de Lula sobre Bolsonaro, outros candidatos aparecem com intenções de voto maiores do que as recebidas pelo atual presidente.

Na disputa com Ciro Gomes, o pedetista recebe 50% dos votos, enquanto Bolsonaro tem 34%. Neste cenário, 15% afirmaram que votariam em branco e nulo, e 1% ainda não se decidiu.

Quando o adversário é João Doria, o tucano tem 46% dos votos contra 35% que votariam em Bolsonaro, enquanto 18% escolheriam branco ou nulo. O número de indecisos é o mesmo (1%). Porém, Doria perderia para Lula no segundo turno – neste cenário, o petista teve 56% das intenções, enquanto o governador ficou com 22%.

Rejeição

Jair Bolsonaro foi o candidato que registrou a maior rejeição em todos os cenários: 59% dos eleitores não votariam no presidente “de jeito nenhum”. Para Lula e Doria, a rejeição foi de 37%, enquanto Ciro Gomes registrou 37%, Mandetta, 23% e Eduardo Leite, 21%.

Não votariam em nenhum dos citados 2% dos entrevistados, e 1% não soube responder.

Da redação do Portal com informações da CNN Brasil

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal