Opinião

Marcos Rogério diz que há ‘orquestração’ para enfraquecer o presidente Bolsonaro

O senador criticou a união de atores políticos antes antagônicos e, alguns deles, acusados de corrupção, com o objetivo único de enfraquecer e desestabilizar o governo.

Em pronunciamento na quarta-feira (7), o senador Marcos Rogério (DEM-RO) criticou a união de atores políticos antes antagônicos e, alguns deles, acusados de corrupção, com o objetivo único de enfraquecer e desestabilizar o governo do presidente Jair Bolsonaro.

Na opinião do senador, essa “orquestração” conta com o apoio de outros setores influentes da sociedade, como a mídia, e insiste na tese de que há uma grande insatisfação popular em relação ao atual governo.

A postura, continuou Marcos Rogério, revela o descontentamento com o resultado das eleições de 2018 e dificulta o desmonte do palanque eleitoral daquele ano para abrir espaço à discussão de propostas importantes para o desenvolvimento do país.

“São membros de um mesmo time. Apenas estão em posições diferentes, jogando um mesmo jogo de poder. O alvo é o mesmo: atacar o governo do presidente Bolsonaro. Não se pode, obviamente, subestimar esse tipo de orquestração, mas não é crível que a sociedade brasileira, em sua grande maioria, se deixe enganar por esse tipo de manobra. O Brasil tem uma maioria conservadora, honesta, trabalhadora, que não quer voltar aos tempos de corrupção. Tempos em que corrupção era desvio de bilhões de reais dos cofres da nação. Não como agora, quando chamam de corrupção supostas irregularidades de um contrato do qual não se pagou um centavo de real”.

Ver mais:

>> Bolsonaro: “Estamos há dois anos e meio sem corrupção”, diz presidente sobre possíveis irregularidades na compra de vacinas

Para o senador, os debates, neste momento, deveriam estar voltados para o crescimento econômico. A reforma tributária, na opinião dele, é  importante para reduzir a carga de impostos que recaem sobre o setor produtivo e, com isso, gerar emprego e renda para as famílias.

A pauta também deveria incluir a reforma administrativa, para reduzir as despesas do Estado e melhorar a prestação de serviços públicos, finalizou.

Da redação do Portal com informações da Agência Senado

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal