Vacinação

No Recife, imunizante Janssen tem uso prioritário na população em Situação de Rua

Vacina de dose única visa acelerar processo de imunização e oferece mais praticidade para estes munícipes.

Em um esforço para ampliar ainda mais a vacinação contra a covid-19 para a população em situação de rua na cidade, o prefeito João Campos determinou que a imunização deste grupo passe a ser feita com as vacinas da Janssen, que oferecem cobertura vacinal completa com apenas uma dose. Das 625 pessoas vacinadas nesta condição, 117 já receberam o imunizante. Um levantamento realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Social estima que há 1.600 pessoas nesta condição na capital pernambucana.

Para o prefeito João Campos, a medida protege ainda mais esta população ao mesmo tempo em que a Prefeitura também busca promover sua inclusão no mercado de trabalho.

“Determinei o uso prioritário da vacina Janssen, de dose única, para acelerar a imunização da população em situação de rua do Recife. Seguimos com outras ações importantes com o Programa Recife Acolhe, que já começou a contratar pessoas que vivem nas ruas para terem acesso ao mercado de trabalho, atuando na limpeza urbana da cidade”, ressaltou.

A estratégia para vacinação desse público é uma das primeiras ações previstas na Política Municipal de Atenção Integral à Saúde da População em Situação de Rua, implantada pela Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife, no começo de maio. 

No Recife, imunizante Janssen tem uso prioritário na população em Situação de Rua
No Recife, imunizante Janssen tem uso prioritário na população em Situação de Rua. Foto: Marcos Pastich/PCR

Ver mais:

>> Prefeitura do Recife abre inscrições para o Auxílio Municipal Emergencial (AME) São João; saiba como se inscrever

Na capital pernambucana, estão sendo adotadas três estratégias para atender a PSR, são elas: a oferta de vacinação no Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP) Glória, em Santo Amaro; a oferta em 10 postos de vacinação do município sem agendamento prévio, bem como a oferta itinerante, realizada pelas as equipes do Serviço Especializado de Abordagem Social (Seas) em conjunto com o Consultório na Rua (CnaR), da Sesau; que promovem visitação a pontos estratégicos da capital pernambucana para levar a vacina até pessoas que possuem dificuldade de locomoção para ir até uma das salas de imunização voltadas especificamente para essa população. Atualmente a cidade conta com duas equipes de Consultório na Rua, integradas por profissionais das áreas de saúde e assistência social. 

O objetivo dessa estratégia é minimizar a exposição dos usuários, ampliar a captação e cobertura do público específico. Uma das definições pensadas para a vacinação da população em situação de rua é a adequação do Conecta Recife para cadastro e agendamento de vacinação para a população em situação de rua. Com essa adaptação, há espaço para informação específica de sua condição de rua, além da desobrigatoriedade do preenchimento do CPF, entre outras medidas. 

Postos onde a População em Situação de rua pode solicitar imunização sem prévio agendamento – UniNassau (Graças); Unicap (Boa Vista); na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), em Dois Irmãos; Parque de Exposição de Animais, no Cordeiro; na Unidade de Cuidados Integrais (UCIS) Guilherme Abath, no Hipódromo; Compaz Ariano Suassuna, no Cordeiro; Ginásio Geraldão, na Imbiribeira; Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), na Tamarineira; Parque da Macaxeira, na Macaxeira; UPA-E do Ibura.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura do Recife

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal